Definida equipe do Brasil para a disputa do Pré-Olímpico de Basquete masculino 3x3 para Tóquio 2020 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Definida equipe do Brasil para a disputa do Pré-Olímpico de Basquete masculino 3x3 para Tóquio 2020

Compartilhe

O técnico Douglas Lorite anunciou a seleção brasileira de basquete 3x3 masculina que defenderá o país entre os dias 18 a 23 de março no Pré-Olímpico da Índia em busca de uma vaga em Tóquio 2020. 

Viajam André Ferros, Jefferson Socas, Leandro Lima e Matheus Parcial. A apresentação para o segundo período de treinos está marcada para o dia 9 de março e o trabalhos vão até 15, quando o grupo viaja para a Ásia. Mais uma vez, as atividades serão na Escola de Educação Física do Exército, a EsEFEX, no Rio de Janeiro.

"Nessa segunda etapa vamos fazer os ajustes finais. Lapidar um pouco a preparação física dos atletas. Vamos ver os adversários, estratégia para jogar. Alinhar com os titulares. Esperamos fazer uma boa preparação, temos mais tempos desta vez, sete dias de preparação. Vamos alinhar bem" citou o técnico Douglas Lorite, que leva também os atletas Luis Felipe de Paulo Silva (São Paulo DC) e Matheus Lage (Lendas 3x3 RJ) para ajudar nos treinos.

A equipe já havia treinado na EsEFEX, em janeiro, quando o técnico Douglas Lorite trabalhou com seis atletas, definindo agora os cortes para fechar o grupo. O Brasil entrou no Grupo A do Pré-Olímpico, que tem 20 equipes, quando irá encarar Mongólia, Polônia, Turquia e República Tcheca na primeira fase. As outras chaves têm: B (Estados Unidos, Lituânia, Bélgica, Coreia do Sul e Nova Zelândia), C (Eslovênia, França, Catar, Filipinas e República Dominicana), D (Holanda, Letônia, Canadá, Croácia e Índia).

As equipes jogam entre si na primeira fase, com duas seleções se classificando para a fase seguinte, que já é mata-mata. Apenas as três primeiras garantem um lugar em Tóquio 2020. Essa é a última oportunidade para o Brasil disputar os Jogos Olímpicos na estreia da modalidade.

"A expectativa é a melhor possível. Todo jogador quer participar de uma Olimpíada. A responsabilidade é enorme. Não somos favoritos, mas vamos para cima. Só vamos conseguir se jogarmos como equipe. Vamos trabalhar bem, rodar bem a bola. Confiar na defesa também. E dar nosso máximo independentemente de quem estará do outro lado da quadra" garantiu Jefferson Socas.

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário