COI e IPC afastam temores de possível cancelamento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos por conta do coronavírus


Sofrendo fortes temores de um possível cancelamento em decorrência do surto de coronavírus na Ásia, a organização de Tóquio 2020 veio a público, nesta semana, afastar quaisquer medos e reforçar que o planejamento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos continua ocorrendo normalmente.

Em entrevista coletiva realizada na última quinta-feira, 06, representantes do COI e do IPC acalmaram a população e afirmaram que está havendo um diálogo constante entre as entidades e a Organização Mundial da Saúde (OMS) para visualizar riscos e possíveis ameaças a fim de evitar possíveis perigos durante os Jogos.

"Os especialistas são a Organização Mundial da Saúde e outras autoridades nacionais relevantes. Nós continuaremos a ter um diálogo regular com eles e a seguir seus conselhos", disse Craig Spence, diretor de comunicação do IPC.

Na última quarta-feira, 05, um dia antes da coletiva de imprensa, o chefe-executivo da organização das Olimpíadas de Tóquio 2020, Toshiro Muto, disse que "estava muito preocupado" sobre o surto do novo vírus. Na quinta, porém, ele reavaliou os fatos e afirmou que o coronavírus não atrapalha os planos para execução dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Segundo dados atualizados pela mídia chinesa, até a manhã deste sábado (08), cerca de 720 pessoas já morreram pelo coronavírus e mais de 34 mil casos foram confirmados em quase 30 países, sendo a maior parte deles na China.

"No momento, o medo está se espalhando muito mais rápido do que qualquer vírus e é importante acabar com esse medo", disse Spence.

O Japão é o segundo país no mundo com mais vítimas do novo coronavírus, ficando atrás apenas da China. Somente nesta sexta-feira, 07, foram divulgados mais de 60 casos em um navio japonês que se encontra em quarentena.

Na inauguração da Ariake Arena, no último domingo, 02, a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, disse que o Japão tomará rigorosas medidas até o início dos Jogos. A prevenção foi o ponto chave do discurso da governante.

Alguns eventos pré-olímpicos já foram cancelados por conta da epidemia. Torneios qualificatórios de boxe, futebol feminino e basquete feminino são alguns dos eventos que iriam ocorrer na China mas tiveram que ser realocados.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio serão abertos em 24 de julho, enquanto os Jogos Paralímpicos estão previstos para 25 de agosto.

Foto: Kim Kyung-Hoon/REUTERS

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes