China está fora do Pré-Olímpico de handebol feminino por conta do coronavírus - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

China está fora do Pré-Olímpico de handebol feminino por conta do coronavírus

Compartilhe

O surto do coronavírus segue abalando a preparação chinesa para os Jogos de Tóquio. A epidemia que já fez mais de mil vítimas fatais e infectou quase 60 mil pessoas ao redor do mundo desta vez tirou a seleção chinesa de handebol feminino do Pré-Olímpico Mundial. Em seu lugar, irá a Tailândia.

A substituição dos países foi anunciada pela Federação Internacional de Handebol (IHF) na última segunda-feira, 10. Segundo a entidade, Hong Kong foi convidada a participar do torneio, mas recusou por conta da também insegurança gerada pelo vírus.

Após as mudanças nas equipes participantes, os grupos finais do Pré-Olímpico de Handebol Feminino ficaram dispostos da seguinte forma: o grupo 1, com sede na Espanha, terá Suécia, Senegal e Argentina, além da anfitriã; o grupo 2 terá sede na Hungria e reunirá anfitrião, Rússia, Sérvia e Cazaquistão; e o grupo 3 será realizado em Montenegro, com presença de Noruega, Romênia e Tailândia, além do anfitrião.

Os torneios acontecerão entre 20 e 22 de março e os dois primeiros colocados de cada um garante vaga em Tóquio-2020. Vale lembrar que seis equipes já estão classificadas, incluindo o Brasil: Japão, França, Coreia do Sul, Angola, Holanda e Brasil. 

A IHF anunciou, também, o cancelamento do Mundial Juvenil de Handebol Feminino, que estava previsto para acontecer na China, em agosto. Este é um dos muitos eventos que tiveram que ser reprogramados por conta do vírus.

Diversos torneios de qualificação olímpica sofreram interferência e os campeonatos locais estão paralisados. Os pré-olímpicos de boxe, futebol feminino e basquete feminino, todos eles previstos para acontecerem na China, foram modificados.

Foto: Divulgação/IHF

Nenhum comentário:

Postar um comentário