Últimas Notícias

Ítalo Ferreira crê que estando nas olimpíadas, o surfe deixará de ser considerado esporte de 'vagabundo'



O Campeão mundial de surfe em 2019 Ítalo Ferreira está animado para os jogos olímpicos. E espera que a estreia do surfe mude a estigma que muitas pessoas tem sobre o esporte. Em entrevista a Agência 'Reuters', o potiguar afirmou que as olimpíadas poderão fazer com que o surfe seja mais considerado entre as pessoas:

Sem dúvida isso é algo gigantesco para o esporte. Alguns anos atrás, era um esporte de vagabundo. Mas hoje em dia as pessoas levam seus filhos para praia, colocam seus filhos em escolinhas de surfe para que eles possam ter um esporte saudável. Acho que todos que competem no circuito mundial quebraram essas barreiras, esse preconceito geral" Explica Ítalo

Ítalo afirmou que o Brasil tem ótimas chances de conquistar o ouro em Tóquio e até fazer uma dobradinha: "Acho que o Brasil tem grandes chances de trazer o ouro. Eu não sei como podem ser as chaves de baterias, mas pode ser que tenha ouro e prata, sim, sem dúvida. Então espero poder estar no pódio, e especialmente com o ouro"

Além de Ítalo, o outro representante brasileiro do surfe em Tóquio é Gabriel Medina, bicampeão mundial em 2014 e 2018

foto: WSL/Cestari

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar