Atleta da Seleção Brasileira de Tênis de Mesa tem desafio na Liga da Suécia no começo de 2020 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Atleta da Seleção Brasileira de Tênis de Mesa tem desafio na Liga da Suécia no começo de 2020

Compartilhe

Mais uma jogadora brasileira estará brilhando na Europa nos próximos meses. Até fevereiro, Jessica Yamada vai ajudar o BTK Storfors na disputa da Liga da Suécia, em participação especial. Será o terceiro ano consecutivo em que a atleta realiza esta ida ao clube europeu. 

A campeã brasileira de 2019 jogou por muitos anos na França, onde desenvolveu quase toda a sua carreira. Recentemente, retornou ao país e treina no Itaim Keiko, em São Paulo, participando de forma pontual em eventos na Europa. Uma boa oportunidade para continuar jogando em alto nível, meses antes da convocação final para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

“Fico muito feliz de receber propostas para jogar na Europa, mesmo morando no Brasil. Acredito que esses jogos possam ajudar a me preparar para torneios futuros e me mantém em contato com o alto nível. Fora a alegria de estar com meu time que eu gosto tanto, somos como uma família”, revela Jessica, segunda melhor brasileira no ranking mundial, na 149ª colocação.

A missão de Jessica e suas companheiras na cidade de Storfors não é fácil. O favorito ao título é o Eslov, clube que conta com atletas de alto nível, como a experiente sueca Li Fen e a jovem Filippa Bergrand, de apenas 20 anos, que está em 179° lugar no ranking mundial. Nada que tire o otimismo da brasileira.

“No ano passado, ficamos em segundo lugar nos playoffs. Esse ano, queremos o ouro”, avisa a atleta, que chegou nesta sexta-feira na Suécia.

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário