Ciclistas deixam Tour de France de lado e optam pela disputa da Olimpíada em 2020 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Ciclistas deixam Tour de France de lado e optam pela disputa da Olimpíada em 2020

Compartilhe

Os ciclistas Alejandro Valverde e George Bennett anunciaram que priorizarão os Jogos Olímpicos de Tóquio na temporada de 2020, deixando a tradicional prova do Tour de France de lado.

Valverde, campeão mundial de 2018, da equipe Movistar, disse ao AS que competirá no Tour de France apenas como preparação para a Olimpíada. A corrida em Tóquio ocorrerá logo no segundo dia de eventos, em 25 de julho, apenas seis dias após o encerramento programado do Tour de France. 

O espanhol de 39 anos já competiu por quatro Olimpíadas anteriormente - desde Atenas 2004 -, e busca uma medalha em Tóquio. Sua melhor colocação foi um 12º lugar em Pequim-2008. 

"O objetivo é ir bem nas provas clássicas, fazer uma boa Vuelta da España e Worlds, mas, acima de tudo, sendo um ano olímpico, quero estar nos 100% nos Jogos ", disse Valverde sobre os planos para a próxima temporada.

O neozelandês  George Bennett também quer competir em Tóquio 2020. Porém, sua equipe, a Jumbo-Visma, está fazendo uma forte preparação para vencer o Tour de France. "A equipe disse, basicamente, que se eu quero realmente fazer uma boa Olimpíada, o Tour não me ajudará", disse o ciclista ao site Stuff.

Assim, a Jumbo-Visma confirmou a contratação de Tom Dumoulin para co-liderar a equipe no Tour de France de 2020, ao lado do holandês Steven Kruijswijk e do esloveno Primož Roglič. Bennett declarou que adoraria vencer a prova mais tradicional do ciclismo mundial, mas que está confiante em poder fazer história nos Jogos de Tóquio.

O ciclismo de estrada na Olimpíada de Tóquio 2020 terá 234 km e os ciclistas subirão algumas encostas do Monte Fuji ao longo de seu trajeto. A disputa terá 130 pilotos no total.

Foto: Braden Fastier/Stuff

Nenhum comentário:

Postar um comentário