Hugo Calderano faz jogo equilibrado com chinês, mas se despede nas oitavas do Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Hugo Calderano faz jogo equilibrado com chinês, mas se despede nas oitavas do Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa

Compartilhe

Em jogo muito equilibrado, nesta sexta-feira (11), o brasileiro Hugo Calderano se despediu do Aberto da Alemanha, torneio platinum do Circuito Mundial de Tênis de Mesa. Ele foi superado, nas oitavas de final, pelo chinês Yan An, por 4 a 3 (11/8, 9/11, 11/8, 11/7, 11/13, 7/11 e 8/11), na Arena Bremen, no Noroeste Alemão.

Calderano iniciou a partida de forma muito agressiva, procurando definir rapidamente. Chegou a abrir seis pontos de vantagem e conseguiu fechar em 11 a 8. No segundo set, An reagiu. Passou a dificultar mais a recepção do brasileiro e empatou o jogo.

Na terceira parcial, o panorama foi parecido com o primeiro set, com Calderano propondo seu jogo agressivo e dominando as ações na mesa. Fechou com o mesmo placar, de 11 a 8. O brasileiro seguiu no comando, contra-atacando com intensidade e também venceu o quarto set.

É importante ressaltar que o chinês esteve sempre próximo do placar, apesar da intensidade do jogo do brasileiro. Perigoso, esperava apenas uma oportunidade para reagir. Ela surgiu no quinto set. Calderano chegou a estar vencendo por 9 a 6, portanto, a dois pontos de fechar a partida. Mas An conseguiu o empate e venceu, por 13 a 11.

O rendimento do brasileiro caiu no início do sexto set. An passou a dominar as ações e chegou a estar vencendo por 7 a 4. O brasileiro buscou o empate, mas não manteve o mesmo desempenho no momento decisivo e permitiu nova vitória do chinês. No último set, Calderano lutou muito, mas esteve sempre atrás do placar e se despediu do torneio.

Este foi o penúltimo torneio platinum da temporada 2019. A última etapa platinum acontece em novembro, na Áustria. Na próxima semana, Thiago Monteiro, Carlos Ishida e Guilherme Teodoro disputam o Aberto da Polônia.

Foto: ITTF

Nenhum comentário:

Postar um comentário