Comissão Técnica tem dois meses para decidir os 14 convocados do Handebol para Lima 2019 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Comissão Técnica tem dois meses para decidir os 14 convocados do Handebol para Lima 2019

Compartilhe

Após uma semana de intensa preparação em Rio Maior, (POR), a Seleção Brasileira masculina de Handebol retornou para casa já planejando o próximo encontro que será no Brasil em junho, para as fases 2, 3 e 4 dos treinamentos. Com isso, a comissão técnica tem sessentas dias para avaliar e convocar os 14 jogadores que disputarão os Jogos Pan-Americanos em Lima.

O técnico Washington Nunes elogia as instalações e a excelente infraestrutura e faz um balanço positivo dos dias de treino da Seleção em Portugal. Segundo ele, pelo fato de muitos atletas estarem em final de temporada na Europa, a recuperação foi intensificada e as atividades de preparação física e estímulos tiveram o equilíbrio planejado. Seguindo o planejamento, a comissão vai manter os nomes, tanto nos clubes Europeus quanto nos brasileiros, em observação para a convocação final.

“A fase foi muito importante, serviu para ampliarmos o trabalho defensivo de 6x0 e 5x1. Introduzir algumas ações novas do trabalho ofensivo e também introduzir essas ações que usamos no Mundial com os jogadores que não participaram do torneio. Então, hoje nós temos um grupo mais amplo que já detém todo o conhecimento do projeto”, pondera Nunes e completa dizendo que conseguiram fazer uma boa avaliação de todos os jogadores.

Jogador da equipe francesa Dunkerque Handball, o armador brasileiro Haniel Langaro diz que apesar do cansaço pela temporada europeia, a fase foi proveitosa para aperfeiçoamento e correções e espera que a comissão tenha ficado contente com o que os atletas apresentaram durante a semana.

“Ainda teremos três fases de treinamentos antes da nossa viagem ao Pan. Em uma delas trabalharemos a parte física e nas outras duas, trabalharemos as questões táticas para aprimorar e também corrigir tanto ataque quanto defesa”, comenta Langaro.

Foto: CBHb

Nenhum comentário:

Postar um comentário