Andressa de Morais termina em 7° lugar na etapa de Roma da Diamond League - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Andressa de Morais termina em 7° lugar na etapa de Roma da Diamond League

Compartilhe

A Diamond League chegou ao continente europeu, com a realização da quarta etapa nesta quinta-feira (31) no Estádio Olímpico de Roma, em que treze provas valendo diamante foram realizadas. Apenas a brasileira Andressa de Morais esteve em ação, já que Thiago Braz desistiu de disputar a etapa italiana por conta de um desconforto muscular.

Feminino: 

No lançamento do disco, a vitória ficou com a croata Sandra Perkovic, sua segunda na temporada, com a marca de 68.93m, batendo o recorde do meeting. As cubanas Yaimé Pérez (66.62m) e Denia Caballero (63.48m) completaram o pódio. A brasileira Andressa de Morais não repetiu a boa atuação que teve em Doha e ficou apenas em 7° lugar, com a marca de 59.31m, obtida na última tentativa.

No entanto, a brasileira permanece em 4° lugar na corrida pelo diamante com 7 pontos. A líder é a croata Sandra Perkovic com 16 pontos. As oito melhores atletas se classificam para a etapa final, a ser disputada em Bruxelas.

No salto em altura, a russa competindo como atleta neutra Mariya Lasitskene também venceu sua segunda na temporada, com a marca de 2.02m, assumindo a liderança do ranking mundial. A búlgara Mirela Demireva e a italiana Elena Vallortigara completaram o pódio.

Nos 3.000m com obstáculos, o pódio foi todo queniano, com a vitória ficando com Hyvin Kiyeng, fazendo o tempo de 9:04.96, assumindo também a liderança do ranking mundial, com suas compatriotas Celliphine Chespol (9:05.14) e Norah Jeruto (9:07.17) completando o pódio.

Nos 100m com barreiras, a vitória ficou com a americana Sharika Nelvis, com o tempo de 12.78s, quatro centésimos à frente da jamaicana Danielle Williams e oito à frente da nigeriana Tobi Amusan. E nos 200m rasos, o ouro ficou com a marfinense Marie-Josèe Ta Lou, com o tempo de 22.49s, sua melhor marca na temporada. A prata ficou com a búlgara Ivet Lalova-Collio (22.64s) e o bronze com a suíça Mujinga Kambundji (22.76s).

Masculino:

Nos 100m rasos, a vitória ficou com o americano Ronnie Baker, com o tempo de 9.93s. Em segundo ficou o francês Jimmy Vicaut (10.02s) e o terceiro o italiano Filippo Tortu (10.04s). Sem a presença do bahamense Steven Gardner, vencedor das duas primeiras etapas, a prova dos 400m rasos teve como vencedor o americano Fred Kerley, com o tempo de 44.33s, sua melhor marca na temporada e quatro centésimos à frente do catare Abdalleleh Haroun. Outro americano, Paul Dedewo, completou o pódio com o tempo de 44.58s.

Nos 800m rasos, o pódio foi todo queniano, com a diferença de apenas treze centésimos entre eles. A vitória ficou mais uma vez com Wyclife Kinyamal, sua segunda na temporada, com o tempo de 1:44.65, seguido de Ferguson Rotich e Jonathan Kitlit. Nos 400m com barreiras, o catare Adberrahman Samba bateu o recorde da prova na Diamond League, com o tempo de 47.48s. O norueguês Karsten Warholm ficou em segundo (47.82s) e o turco Yasmani Copello em terceiro (48.63s).

No salto com vara, a vitória ficou com o americano campeão mundial Sam Kendricks, que saltou para 5.84m, sua melhor marca na temporada. Outros que fizeram suas melhores marcas no ano e completaram o pódio foram o polonês Pawel Wojciechowski (5.78m) e o alemão Raphael Holdzdeppe (5.62m). No salto em distância, o sul-africano Luvo Manyonga venceu sua segunda na temporada saltando para 8.58m, cinco centímetros à frente do cubano Juan Miguel Echevarría, que fez sua melhor marca pessoal. O pódio foi completado com outro sul-africano, Ruswahl Samaai (8.34m).

No lançamento do disco, a vitória ficou com o jamaicano Fedrick Dacres, com a marca de 68.51m, seguido pelo lituano Andrius Gudzius (68.17m) e pelo iraniano Ehsan Hadadi (65.93m). E nos 1.500m, houve dobradinha queniana, com a vitória ficando com Timothy Cheruiyot, sua segunda na temporada, com o tempo de 3:31.22, dois segundos e meio à frente do seu compatriota Elijah Manangoi, com o etíope Samuel Tefera completando o pódio.

A próxima etapa da Diamond League será disputada em Oslo (NOR) no dia 7 de junho.

Foto: Divulgação/IAAF


Nenhum comentário:

Postar um comentário