Londres receberá o ciclismo de pista dos Jogos da Comunidade Britânica de 2022 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Londres receberá o ciclismo de pista dos Jogos da Comunidade Britânica de 2022

Compartilhe
Londres receberá as provas de ciclismo estrada nos Jogos da Comunidade Britânica (Commonwealth Games) de 2022. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 21 de dezembro, no mesmo dia em que Birmingham foi confirmada como sede do evento. As disputas acontecerão no velódromo Lee Valley.

Ian Ward, Líder da Câmara Municipal de Birmingham e chefe da candidatura da cidade, confirmou que o ciclismo de pista será realizado a 218 km de distância, no Velódromo construído para as olimpíadas de Londres 2012, no Parque Olímpico Rainha Elizabeth, devido à falta de uma instalação adequada para receber as provas na cidade de Midlands.

O esporte, que é opcional nos Jogos da Comunidade Britânica, inicialmente havia ficado de fora do evento de 2022, quando Durban foi escolhida para receber os jogos, mas depois que a cidade foi despojada dos direitos de hospedagem em março, depois de não cumprir uma série de garantias financeiras.

Birmingham chegou a estudar o uso de uma instalação existente em Derby para realizar o ciclismo de pista, ou até mesmo a converter a Arena Birmingham, no centro da cidade, em um velódromo temporário. Entretanto, o comitê de candidatura optou por utilizar a instalação de classe mundial existente em Londres, que também hospedou o Campeonato Mundial de ciclismo pista de 2016.

A confirmação de que a modalidade do ciclismo estará presente no evento de 2022, faz com que o ciclismo de pista continue em sua sequência de participações nos Jogos. O esporte esteve presente em todos os programas dos Jogos da Commonwealth desde os Jogos do Império de 1934, em Londres, quando os eventos do ciclismo de pista ocorreram em Manchester.

Se o ciclismo de pista foi confirmado, o tiro esportivo não fará parte do programa em 2022. A notícia também foi repassada por Ward. As disputas no tiro estão presentes em todos os Jogos desde a edição de Kingston, em 1966, com exceção de Edimburgo 1970.

Já se sabia que seria improvável que o esporte fosse incluído como parte dos planos de Birmingham, já que o stand de tiro com padrão olímpico mais próximo da cidade fica a 210 km de distância em Bisley, Surrey. A Federação Internacional de Tiro Esportivo e a British Shooting haviam afirmado no início deste ano que o esporte deveria ser contestado nos Jogos de 2022.

Entre as nações mais prejudicadas pela ausência do tiro está a Índia. Atualmente o país está em segundo lugar no quadro de medalhas de todos os tempos, tendo conquistado 56 de ouro, 40 de prata e 22 de bronze. O tiroteio esportivo também está na lista da Federação dos Jogos da Commonwealth (CGF) de esportes opcionais. As cidades candidatas a receberem os Jogos podem incluir até sete destes esportes.


O cricket feminino pode ser um esporte opcional para Birmingham 2022, mas as chances de ter o torneio masculino nos Jogos são remotas. Ward afirmou que o Conselho de Críquete da Inglaterra e do País de Gales (BCE) estão preocupados com o impacto que um evento masculino poderia ter na sua nova competição, o Twenty20, baseado na cidade, que deverá começar em 2020. No entanto, ele acrescentou que considerariam realizar apenas o evento feminino e disse que o diálogo prosseguiria com o BCE, o International Cricket Council e o CGF.

Foto: ITG


Nenhum comentário:

Postar um comentário