Três pessoas foram removidas de um parque de Tóquio após protestos contra os Jogos de 2020 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Três pessoas foram removidas de um parque de Tóquio após protestos contra os Jogos de 2020

Compartilhe

Pelo menos três pessoas foram removidas de um parque na capital japonesa, Tóquio, nesta segunda-feira (27), onde pessoas sem-teto protestaram contra projetos de construção antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020. A Reuters TV filmou três pessoas sendo escoltadas do Parque Miyashita por pessoas que pareciam ser policiais e autoridades municipais.

O parque está situado em Shibuya, um centro comercial importante em Tóquio, onde a estação de trem subterrânea está passando por reformas para lidar com um número crescente de turistas. Planos para construir quatro novos arranha-céus perto da estação de Shibuya e Miyashita Park também foram aprovados.

No entanto, antes da construção poder começar, as autoridades precisam limpar uma área que tem sido ocupada por pessoas desabrigadas durante a última década. Na manhã de segunda-feira, os trabalhadores da construção e da polícia ergueram cercas dentro e ao redor do parque. Ao meio-dia, os ativistas se reuniram na área para protestar contra a ação.

"O problema é que as pessoas sem-teto ainda estavam encalhadas dentro", disse Kiyoshi Hasegawa, professor da Universidade Metropolitana de Tóquio, que pesquisa disputas envolvendo comunidades sem-teto.

Estima-se que existam 6.235 pessoas sem-teto no Japão, de acordo com um relatório do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar feito em 2016. Quase um quarto deles vive em parques em áreas metropolitanas, segundo o relatório.

No entanto, alguns acadêmicos e ONGs contestam essas estatísticas, dizendo que o relatório não contabiliza adequadamente as pessoas que vivem nas ruas ou nos subúrbios, longe dos grandes centros, em movimento durante o dia ou escondidas em cibercafés de baixo custo 24 horas.

Foto: Reuters


Nenhum comentário:

Postar um comentário