Três atletas pedem investigação do salto em distância de Atenas 2004 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Três atletas pedem investigação do salto em distância de Atenas 2004

Compartilhe
Três atletas que acreditam que foram enganadas com medalhas Olímpicas no evento do salto em distância de Atenas 2004 estão pedindo uma investigação do resultado da prova depois que o pódio foi composto apenas por atletas da Rússia.

A australiana Bronwyn Thompson,a britânica Jade Johnson e a indiana Anju Bobby-George,que terminaram em quarto,quinto e sexto lugar respectivamente pediram as federações nacionais que apoiem o caso antes de se aproximarem da IAAF e do COI.

Todas as três russas medalhistas da prova Tatyana Lebedeva, Irina Meleshina e Tatyana Kotova,não passaram em testes anti-doping de outras Olimpíadas porém as atletas não testaram positivo em Atenas 2004 e as amostras do evento foram destruídas por conta da limitação dos 10 anos.

Thompson, Johnson e Bobby-George afirmaram que sua glória foram roubada por atletas da Rússia.

Thompson, de 39 anos, que agora trabalha como fisioterapeuta em Queensland, lamentou o fato das amostras não poderem ser reanalisadas,ela disse em uma entrevista a um jornal que "a oportunidade de reanalisar as amostras foi perdida" por conta da destruição delas.

A australiana que foi campeã do salto em distância nos Jogos da Commonwealth em Melbourne 2006,admitiu que o trio foi audacioso em sua tentativa e lembrou de atletas desonestos como Marion Jones e Lance Armstrong que nunca falharam em testes anti-doping em Jogos Olímpicos mas perderam suas medalhas como uma causa do otimismo.

As atletas ainda ameaçaram a possibilidade de entrar com uma ação legal mas ainda é improvável que elas sejam bem sucedidas em seus casos.

"Você nunca pode dar de volta o momento em cima do pódio,uma vez que roubaram esse momento" disse a australiana ao Courier Mail

"Tenho uma ótima vida após o atletismo, mas eu adoraria receber a medalha de ouro depois de terminar atrás de três atletas que foram pegas no doping"

"Nesta fase, espero que a Athletics Austrália apoie nós três em nossa ação legal para ajudar a construir uma estratégia e coletar evidências para construir nosso caso".

O ex-treinador de Thompson,Gary Bourne,foi mais adiante e disse que foi uma injustiça as russas não terem sido pegas no doping em Atenas 2004 e acusou o COI de cumplicidade,Gary espera que essa questão seja levantada em uma reunião da Athletics Austrália na próxima semana.

"Nós acreditamos firmemente que uma injustiça maciça ocorreu em 2004 com falha do laboratório do teste do COI na Grécia para identificar resultados positivos do teste para estes medalhistas da Rússia" disse.

"Para nossa consternação foi continuada em 2012 com a falha do COI para re-testar essas amostras."

Lebedeva,medalha de Ouro no salto em distância em Atenas 2004 perdeu suas medalhas de Prata no salto em distância e no salto triplo em Pequim 2008,após um teste ter descoberto a presença de turinabol em sua amostra.

Meleshina foi proibida em abril de 2012 por 2 anos após um teste positivo anti-doping o que fez ela perder Londres 2012.

Kotova ganhou o Bronze Olímpico em Sydney 2000 após Jones ser pega no anti-doping mas Kotova foi pega no doping em prova no mundial de 2005 quando sua amostra foi re-analisada em 2013.Nesse mundial ela ganhou uma medalha de Prata.

Foto:Getty Images

Nenhum comentário:

Postar um comentário