Brasil fecha Grand Slam de Judô em Abu Dhabi com um ouro e treze medalhas - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil fecha Grand Slam de Judô em Abu Dhabi com um ouro e treze medalhas

Compartilhe
O Judô do Brasil encerrou o Grand Slam de Abu Dhabi (UAE), encerrado neste domingo (30), com um total de 13 medalhas na primeira etapa disputada pós-Jogos Olímpicos do Rio.

Quatro judocas brasileiros chegaram às decisões por medalhas neste domingo e os quatro conquistaram medalhas. Maria Suelen Altheman (+78kg) foi campeã, Luciano Corrêa (100kg) levou a prata e, David Moura (+100kg) e Samanta Soares (78kg) ficaram com bronze. Com os pódios de sexta e do sábado,

Única medalhista de ouro da delegação brasileira, Suelen teve um domingo perfeito, vencendo Kubra Kara, da Turquia, Maria Slutskaya, da Bielorrússia, e Carolin Weiss, da Alemanha para conquistar o ouro. Na final, a brasileira imobilizou a alemã por 20 segundos, o que configura ippon, e comemorou muito em seu retorno às competições após os Jogos do Rio.

Luciano Corrêa também chegou à final de sua categoria, mas foi superado pelo azeri Elkhan Mammadov levando uma punição a mais que o adversário (2 a 1). Antes disso, o brasileiro havia passado por Philip Alcaraz, da Grã-Bretanha, e pelo sueco Joakim Dvarby.

No pesado masculino, David Moura estreou nas quartas-de-final com derrota por um shido para o russo Anton Brachev, mas recuperou-se na repescagem com um belo uchi mata contra Nabil Zalagh, da França, e finalizou o russo Soslan Bostanov no solo para conquistar a medalha de bronze.

Mesmo desempenho da meio-pesado Samanta Soares, que perdeu para Sama Camara, da França, na estreia, superou Brigite Rose, de Seychelles, na repescagem, e venceu Madeleine Malonga, da França, na disputa de medalha.

João Marcos Cesarino (+100kg) e Eduardo Bettoni (90kg) também lutaram neste domingo, mas ambos caíram na repescagem. Cesarino foi superado por Michal Horak, da República Tcheca, e Bettoni não passou por Tural Safguliyev, do Azerbaijão.

Nos primeiros dias de competição, o Brasil conquistou três pratas com Eric Takabatake (60kg), Victor Penalber (81kg) e Maria Portela (70kg), além de seis bronzes, com Charles Chibana (66kg), Nathália Brígida (48kg), Jéssica Pereira (52kg), Mariana Silva (63kg), Ketleyn Quadros (63kg) e Bárbara Timo (70kg).

Foto: Reuters



Nenhum comentário:

Postar um comentário