Últimas Notícias

Treinamento de Campo pós-evento teste do Judô reunirá judocas de sete países no Rio


Dando sequência ao planejamento para o ano olímpico, a Gestão de Alto Rendimento da Confederação Brasileira de Judô irá realizar de 10 a 17 de março o segundo Treinamento de Campo Internacional de 2016. As atividades acontecerão no Centro de Educação Física Adalberto Nunes (Cefan), na zona norte do Rio de Janeiro, aoós a disputa do Aquece Rio – Torneio Internacional de Judô nos dias 08 e 09 deste mês. Serão 72 judocas brasileiros, sendo 37 no masculino e 35 no feminino. Entre eles os que estão na corrida olímpica e jovens promessas que já se preparam para o ciclo de Tóquio 2020.

“Temos, em média, cinco atletas brasileiros por categoria. Somando aos estrangeiros, é fácil dizer que teremos um volume e uma qualidade de treino muito grandes. O objetivo é justamente esse: dar aos atletas que estão buscando seu lugar nos Jogos Olímpicos Rio 2016 uma preparação de alto nível. Ao mesmo tempo, os mais jovens já estão vivendo o clima dessa corrida e se acostumando com o que vão enfrentar no próximo ciclo”, disse Ney Wilson, gestor de Alto Rendimento da CBJ.

 Além do Brasil, outros seis países terão representantes no treinamento. A Grã-Bretanha terá 14 atletas, entre eles Gemma Gibbons, prata nos Jogos de Londres no meio pesado (78kg); a Bélgica terá Toma Nikiforov (100kg), bronze no último Mundial, e Charline Van Snick, bronze nos Jogos Olímpicos de Londres; a República Tcheca também terá dois atletas, o meio pesado Tomas Knapek e o pesado Michal Horak; o Japão será representado pelas jovens promessas Joshiro Maruyama (66kg) e Toshiro Ogata (81kg). Além deles os brasileiros Sérgio Pessoa, que defende o Canadá, e Nacif Elias, que compete pelo Líbano, também estarão presentes. Ao todo, serão mais de 170 pessoas envolvidas no treinamento entre atletas, integrantes das comissões técnicas e staff. Um verdadeiro batalhão de pessoas dentro do complexo esportivo da Marinha.

“O Cefan nos ofereceu uma estrutura muito boa com espaço para todas as atividades num único lugar. Para se ter tamanho da atividade, só o dojô terá 741m² (39x19) para poder comportar essa quantidade de atletas. Como já é tradição, homens e mulheres treinarão em horários separados e em dois períodos. Só da comissão técnica brasileira serão quase 30 pessoas”, explica o gestor.

Esse será o segundo Treinamento Internacional que a CBJ realiza em 2016. Em janeiro, atletas do Brasil, Rússia e Azerbaijão treinaram em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo. Em fevereiro, os brasileiros treinaram na França, Áustria, Itália e Alemanha após as disputas do Grand Slam de Paris, Abertos Europeus de Roma e Oberwart e do Grand Prix de Dusseldorf. Ainda estão previstos outros cinco eventos como esse até a concentração para os Jogos Olímpicos de 2016.

Foto: CBJ

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar