Últimas Notícias

Imagens aéreas retratam obras para os Jogos de 2016 a quase cinco meses da abertura

Parque Olímpico

Imagens aéreas captadas no final de fevereiro pela equipe do Ministério do Esporte retratam a fase avançada das obras em  algumas das instalações que serão utilizadas durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. 

As fotos retratam o Parque Olímpico da Barra, que superou os 98% de conclusão, a Vila dos Atletas, que tem 97% dos trabalhos concluídos, o Campo de Golfe, que já foi entregue, e diversas instalações na região de Deodoro.

No Parque Olímpico da Barra, a Arena Carioca 1 e o Estádio Olímpico de Tênis já foram utilizados em eventos-teste, assim como o Parque Aquático Maria Lenk, que teve a reforma entregue no último mês. A Arena do Futuro, que receberá jogos de handebol e goalball, está finalizada. Faltam apenas as cadeiras, que serão alugadas num período mais próximo aos Jogos, já que a estrutura é temporária e será aproveitada após os Jogos para a construção de quatro escolas municipais.

No Estádio Olímpico de Esportes Aquáticos, a piscina principal está repleta e a de aquecimento, em fase final de conclusão. O velódromo começa a receber a pista neste mês. As Arenas Cariocas 2 e 3 superaram os 98% de finalização. Além disso, o Centro Internacional de Transmissão foi entregue, o Centro Principal de Mídia chegou a 95% de execução e o Hotel de Mídia está 93% finalizado. 

Abaixo seguem mais fotos:

Campo de Golfe
Complexo de Deodoro
Fotos: Brasil 2016

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar