Brasil fica sem medalhas no segundo dia do Pan-Americano de Luta - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil fica sem medalhas no segundo dia do Pan-Americano de Luta

Compartilhe

No segundo dia de competições do Pan-Americano de Luta, em Frisco (USA), os atletas do estilo livre masculino não conseguiram avançar em suas chaves. Sem Pedro Rocha até 74kg e Adrian Joude até 86kg, – que lutarão apenas a seletiva olímpica de 04 a 06 de março – os brasileiros não conseguiram repetir o desempenho da equipe feminina, que conquistou três medalhas no primeiro dia de competições.

Antoine Jaoude com um quinto lugar foi o destaque do estilo livre masculino.  Neste domingo, a equipe do estilo greco-romano encerra a participação brasileira no Pan-americano sênior 2016. As eliminatórias começam a partir das 13h, horário de Brasília e as finais às 21h. Confira abaixo como foram as lutas no segundo dia de competições.  

Categoria até 61kg – Uziel Júnior O sergipano Uziel Júnior não conseguiu superar o venezuelano Pedro Mejia Rodrigues. Pedro venceu o brasileiro por superioridade técnica (11 a 1), mas não avançou em sua chave impedindo Uziel de regressar na repescagem.  

Categoria até 65kg – Lincoln Messias O paulista Lincoln Messias fez sua primeira contra o mexicano Brandon Ramirez. Lincoln forçou a punição de Ramirez e marcou 1 a 0 no placar. Mas na sequência, o mexicano conseguiu passar para as costas do brasileiro e encaixar um rolê e virae o placar. No fim vitória do mexicano por 6 a 1. Mais uma vez, um algoz brasileiro não conseguiu ir para a final e Lincoln não foi repescado.  

Categoria até 70kg – Juliano Carvalho Juliano Carvalho começou o bem o combate ao abrir 4 a 0 sobre o equatoriano Maurício Sanches. Mas Sanchez conseguiu virar o placar e vencer por 9 a 4 a jovem promessa brasileira. Juliano não pôde voltar para repescagem, pois Sanchez não avançou em sua chave.

Categoria até 74kg – Tasso Alves O amazonense Tasso Alves foi derrotado pelo canadense Ilya Abelev por superioridade técnica e repetindo a sina dos companheiros não pôde voltar para repescagem, já que na luta seguinte Abelev foi derrotado pelo campeão olímpico em Londres, Jordan Bourroughs, já classificado para os Jogos Olímpicos do Rio em 2016.  

Categoria até 97kg – Paulo Victor Santos O amazonense Paulo Victor Santos entrou com tudo e, com 20 segundos de luta, já passara para as costas do canadense Al Rekabi e abriu 2 a 0. Rekabi  conseguiu retirar o brasileiro da área diminuindo a diferença, mas Paulo Victor voltou a abrir vantagem colocando 3 a 2 no placar. No entanto, restando 20 segundos para o fim, Rekabi conseguiu atacar a perna do brasileiro, marcar dois pontos, virar o placar e vencer por 4 a 3. Rekabi também não conseguiu chegar a final da sua chave e Paulo Victor não voltou para repescagem.  

Categoria até 125kg – Antoine Jaoude Antoine Jaoude enfrentou logo na estreia o norte-americano Dominique Bradley e não conseguiu avançar. Com o apoio da torcida, Bradley venceu por superioridade técnica (10 a 0). Ao contrário dos companheiros de estilo livre, Antoine teve a oportunidade de voltar na repescagem e disputar o bronze contra o mexicano Jesse Flores. O brasileiro conseguiu forçar a punição do adversário e fez 1 a 0 no placar. Mas Flores virou, conseguiu vencer por superioridade técnica (11 a 1) e garantiu o bronze para o México.

Nenhum comentário:

Postar um comentário