Dupla Larissa/Talita começa a corrida por uma vaga no vôlei de praia dos Jogos do Rio


Dupla formada a menos de um ano para a disputa por uma vaga nos Jogos Olímpicos de 2016, Larissa/Talita começa na quarta (27) o seu maior desafio. Apesar dos bons resultados obtidos logo no início da parceria, incluindo o título do Circuito Brasileiro, as jogadoras sabem que o grande objetivo ainda está para ser conquistado, e a luta por uma vaga na próxima Olímpica começa nessa quarta com a disputa da fase principal do Grand Slam de Moscou, primeiro torneio classificatório.

Ao todo serão nove torneios que valerão pontos para apontar quais os dois times que irão representar o Brasil no vôlei de praia feminino em 2016. A mudança de regra para essa corrida olímpica deixa os times com mais tempo de preparação para os Jogos, já que no final desse ano saberemos quem serão as representantes, mas também acendeu o sinal de alerta entre as jogadoras.

“Antes tínhamos 1 ano e meio para somar os oito melhores resultados que nos classificavam. Então, se não o resultado em uma etapa do Circuito Mundial fosse ruim ainda tinham muitas outras para conseguir melhorar a pontuação. Nesse novo sistema cada etapa é importante já que o descarte é bem menor. Por isso, é preciso entrar em todos esses torneios buscando o melhor resultado, afinal a disputa por uma vaga no Brasil é bastante equilibrada”, comentou Larissa - medalhista de bronze em Londres-2012.

Para Talita, que assim como sua parceira esteve nos dois últimos Jogos Olímpicos, é a hora de focar e alcançar o primeiro objetivo da dupla. “Todos sabem que nos juntamos para disputar os Jogos de 2016, mas é preciso primeiro se classificar. Claro que nossos resultados positivos logo no começo da dupla nos animaram, mas é agora que iremos enfrentar uma disputa acirrada pelas duas vagas que sempre foi o nosso foco. É preciso pensar etapa a etapa e buscar sempre fazer o nosso melhor dentro de quadra”, disse a sul-mato-grossense.


Foto: Divulgação

0 Comentários