Campeonato Mundial de Esqui Nórdico 2015 - Dia 8

Hoje (26) foi um dia cheio no Mundial de Esqui Nórdico, que acontece em Falun (SWE), com provas nas três modalidades. Vamos ao resumo delas.


Na prova do Revezamento 4x5km Feminino do Esqui Cross Country, a Noruega voltou ao topo do pódio. Com a equipe composta por Heidi Weng (NOR), Theres Johaug (NOR), Astrid Jacobsen (NOR) e Marit Björgen (NOR), venceu a prova com o tempo de 49:04.73. Em segundo lugar ficou a Suécia, 29.26s atrás e em 3º  a Finlândia, 30.87s depois das norueguesas.


Na prova do Combinado Nórdico da Montanha Grande, o campeão foi Benhard Gruber (AUT), que, além de conquistar a primeira medalha austríaca no Mundial, conquistou o seu primeiro Ouro Individual. Gruber, que foi o melhor no Salto com Esqui, venceu a prova do Cross Country com o tempo de 22:45.8. Na segunda colocação ficou François Braud (FRA), 11.9s depois e o vencedor da prova na Montanha Normal, Johannes Rydzek (GER), ficou em 3º 14.9s depois do vencedor.

Eric Frenzel (GER), o favorito, sai assim do Mundial sem medalhas em provas individuais.


A Alemanha faturou mais uma medalha de ouro no Salto com Esqui. Depois do título na competição por equipes, foi a vez de Severin Freund (GER), lider da Copa do Mundo, faturar o título da Montanha Grande. 

Freund venceu com um total de 268.7 pontos. O segundo lugar foi para Gregor Schlierenzauer (AUT), com 246.7 pontos e em 3º lugar terminou o vencedor da prova na Montanha Normal, Rune Velta (NOR), com 242.9 pontos.

Amanhã acontece a prova do Revezamento Masculino 4x10km no Esqui Cross Country.


Fotos: Falun 2015 e Getty Images

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024?

Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco.

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Postar um comentário

To Top