Mascotes dos Jogos Olímpicos de 2016 fazem a sua primeira aparição pública - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Mascotes dos Jogos Olímpicos de 2016 fazem a sua primeira aparição pública

Compartilhe

Os mascotes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, não poderiam escolher um lugar melhor para fazer sua primeira aparição pública. Revelada ontem, a dupla visitou nesta segunda-feira (24) o Ginásio Experimental Olímpico (GEO) Juan Antonio Samaranch, instituição pública que combina formação acadêmica e esportiva, em Santa Tereza, no Rio. Mais de 100 crianças e adolescentes aguardavam eufóricas para ver de perto os embaixadores dos Jogos. E, pela reação delas, a dupla foi mais do que aprovada.

“Os dois são muito fofos. Minha vontade era agarrá-los, mas só deu para tocar neles e fiquei muito feliz. Foi um dia muito legal. O esporte é a melhor coisa pra gente e foi super diferente ter os dois mascotes aqui no nosso colégio”, disse, entusiasmada, a jovem Ana Júlia, de 12 anos.

Inspirados na fauna e flora brasileira, os mascotes têm a missão de disseminar os valores do movimento Olímpico e Paralímpico, além das mensagens do evento, principalmente junto ao público infanto-juvenil. Ambos são criaturas mágicas com superpoderes - enquanto o mascote Olímpico representa a diversidade da fauna brasileira, o Paralímpico simboliza a mistura das plantas do país.

“É uma grande satisfação ver que conseguimos atender e atingir a diversidade da fauna e da flora brasileira. Seria impossível escolher apenas um animal ou uma planta para representar o Brasil. Os mascotes serão embaixadores dos Jogos, principalmente entre os jovens, que representam o nosso futuro”, afirmou Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Rio 2016.

Os mascotes foram recebidos também pelo prefeito Eduardo Paes, que os presenteou com as chaves da cidade, e por um grupo de atletas brasileiros. Entre eles, o nadador Daniel Dias, dono de 15 medalhas nos Jogos Paralímpicos.

“Os dois mascotes são muito bacanas. São alegres, coloridos e representam todo o nosso povo, não só o esporte. É importante que as crianças tenham contato com eles. Sem querer puxar a sardinha para o nosso lado, achei o mascote dos Jogos Paralímpicos mais bonito”, brincou o nadador, que destacou a importância do lançamento dos mascotes na preparação para os Jogos Rio 2016.

“É um marco importante, mostra que os Jogos estão cada vez mais perto para todos nós”, completa.
Os atletas de vôlei de praia Emanuel, Pedro Solberg, Juliana e Maria Elisa também deram as boas-vindas aos mascotes, além das velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze. Campeã do primeiro evento-teste dos Jogos Rio 2016, a dupla também se encantou com a dupla.

“Gostei muito dos dois mascotes. Eles têm exatamente o perfil que eu esperava. O nosso Brasil é feito de uma grande mistura e eles simbolizam isso muito bem. São animados e vão representar bem os nossos Jogos”, disse Martine.


Foto e Fonte: Rio 2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário