São Paulo ganha centro aquático de R$ 37 milhões e deve sediar o Maria Lenk - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

São Paulo ganha centro aquático de R$ 37 milhões e deve sediar o Maria Lenk

Compartilhe







São Paulo voltará à rota dos eventos aquáticos a partir de 2014. A Secretaria de Esportes da cidade vai reinaugurar ainda neste ano o Conjunto Aquático Caio Pompeu de Toledo – localizado no complexo onde está o ginásio do Ibirapuera.

O custo total da reforma do parque aquático ficou em R$ 37 milhões – cerca de R$ 10 milhões a mais do que foi gasto em 2011 com a obra que revitalizou todo o Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, na Zona Sul paulistana.

Na ocasião, todo o complexo foi reinaugurado no mês de maio. A previsão das autoridades era de ter o parque aquático pronto em outubro (veja mais abaixo). Fato que ocorreu apenas dois anos mais tarde.
A justificativa dada pela Secretaria de Esportes de São Paulo, por meio de nota enviada ao L!Net, é a de que a obtenção de licenças ambientais para a retirada de raízes de árvores abaixo da piscina fizeram com que a obra, que teve início apenas no segundo semestre de 2011, fosse postergada.

Concluído, o local de competições figurará no cenário nacional a partir de 2014. A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) estuda a possibilidade de levar o Troféu Maria Lenk para o local.
A proposta já conta com o apoio das federações, mas precisa ser ratifica na assembléia geral da entidade, que ocorrerá no mês de fevereiro.

A utilização da piscina se faz ainda mais relevante por conta das reformas nos principais locais de competição do país. Em 2014, os parques aquáticos Júlio de Lamare e Maria Lenk, ambos no Rio de Janeiro, serão fechados para reformas.

O Júlio de Lamare será modernizado com as obras. E o Maria Lenk só será reaberto em 2015 por conta de adequações com vistas à Olimpíada de 2016.

– Nosso cenário esportivo está em ebulição. Teremos os Jogos Olímpicos e sedes terão de ser remodeladas para a Olimpíada. É importante novos parques aquáticos à disposição – disse Ricardo de Moura, coordenador técnico de natação da CBDA.

Fonte: Lancenet!

Nenhum comentário:

Postar um comentário