Guia do Mundial de Judô 2013 - Parte II - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Guia do Mundial de Judô 2013 - Parte II

Compartilhe

Depois do nosso aperitivo, falando um pouco sobre o histórico do Mundial de Judô e os atletas brasileiros que estarão presentes na disputa, agora é hora de falar das disputas por categoria. Chances de medalhas? Quem são os adversários? É o que vamos conferir nessa e nas próximas duas postagens do Guia do Mundial de Judô 2013.

-48kg Feminino

Sarah Menezes - Foto: Autor Desconhecido
Brasileira: Sarah Menezes
Principais adversárias: Haruna Asami (JPN), Charline Van Snick (BEL), Eva Csernoviczki (HUN)
Quando será: segunda-feira, 26 de agosto
Atual campeã: Haruna Asami (JPN)

Sem a presença da romena Alina Dumitru - que se aposentou do esporte no início do ano, a vida de Sarah Menezes ficou mais fácil no Mundial. Porém, engana-se quem pensa assim. A atual campeã olímpica terá várias pedreiras no caminho que ela busca trilhar rumo ao seu primeiro título mundial. A começar por Haruna Asami, a atual campeã mundial. Desde a Olimpíada de Londres, quando foi preterida na seleção japonesa em favor de Tomoko Fukumi, ela vem colecionando bons resultados e desbancou a compatriota no ranking e nos torneios, ocupando a vaga do Japão na categoria -48kg feminino.

Charline Van Snick, de apenas 22 anos, também é forte candidata ao título. Vinda de uma medalha de bronze em Londres-2012 e duas pratas consecutivas no Campeonato Europeu, ela ainda tem muito a evoluir na modalidade, mas com os grandes resultados recentes, pode-se dizer que Charline tem chances concretas de alcançar o maior título de sua carreira até o momento. E a húngara Eva Csernoviczki também está no páreo. Medalhista de bronze no Mundial-2011 e Olimpíada-2012, ela busca mudar a cor da medalha no Rio de Janeiro, e o primeiro passo já foi dado, superando Charline Van Snick no Campeonato Europeu-2013.

-60kg Masculino

Felipe Kitadai - Foto: Franck Fife/AFP
Brasileiro: Felipe Kitadai
Principais adversários: Amiran Papinashvili (GEO), Naohisa Takato (JPN)
Quando será: segunda-feira, 26 de agosto
Atual campeão: Rishod Sobirov (UZB)

Os principais atletas da categoria estarão de fora no Mundial 2013: Arsen Galstyan (RUS), atual campeão olímpico, estará de fora por conta de lesão, assim como o atual campeão mundial e bronze olímpico Rishod Sobirov (UZB), que decidiu mudar de categoria, e agora luta entre os que tem até -66kg.

Em compensação, Felipe Kitadai terá dois adversários em ascensão pela frente: Amiran Papinashvili, atual campeão europeu e líder do ranking mundial da categoria; e Naohisa Takato, que tem pouco tempo de sênior, mas com resultados relevantes, como títulos de Grand Slam de Judô, o que o elevou ao 2° lugar no ranking mundial.

-52kg Feminino

Erika Miranda - Foto: Felipe Dana/AP
Brasileiras: Erika Miranda e Eleudis Valentim
Principais adversárias: Yanet Bermoy (CUB), Majlinda Kelmendi (KOS), Andreea Chitu (ROM)
Quando será: terça-feira, 27 de agosto
Atual campeã: Misato Nakamura (JPN)

Mais uma prova em que nem a campeã mundial, nem a medalhista de ouro olímpica - no caso, Kum-Ae An (PRK) estarão presentes. E uma das favoritas ao ouro é a cubana Yanet Bermoy, duas pratas olímpicas no currículo. Em 2013, foram poucas participações em torneios importantes, mas ainda assim, Yanet tem fortes credenciais para ser candidata ao título.

Quem tem mandado bem em 2013 é a kosovar Majlinda Kelmendi. Campeã do Masters, e presença recorrente no pódio em Grand Slams e Grand Prix, ela é uma das favoritas a medalhar no Rio de Janeiro. Ainda podemos citar Andreea Chitu (ROM), rival de Majlinda na Europa, é atual campeã europeia e medalhista de bronze no Mundial-2011.

Quanto às brasileiras, será uma tarefa bem difícil sair com medalhas. Erika Miranda já tem algum tempo de seleção brasileira, e colecionou bons resultados nos torneios mais importantes em 2013, ainda que não tenha levado ouro em nenhum deles. Já Eleudis Valentim é uma atleta novata, cujo melhor resultado foi uma prata no Grand Slam de Paris, em 2012. Ela ainda busca ser a melhor também na Seleção Brasileira, já que ela é a segunda melhor do país.

-66kg Masculino

Charles Chibana - Foto: Divulgação/CBJ
Brasileiros: Charles Chibana e Luiz Revite
Principais adversários: David Larose (FRA), Tumurkhuleg Davaadorj (MGL),
Lasha Shavdatuashvili (GEO), Masashi Ebinuma (JPN)
Quando será: terça-feira, 27 de agosto
Atual campeão: Masashi Ebinuma (JPN)

Com vários nomes fortes na disputa, a tarefa dos judocas brasileiros Charles Chibana e Luís Revite será complicada. Os dois ainda buscam consolidarem-se nos tatames, e Charles já deu um grande passo, ao vencer o importante Grand Slam de Moscou (RUS), em maio. Luiz Revite vem de um bronze no Grand Prix de Miami (USA). É um judoca em ascensão, mas pouco cotado a sair dos tatames cariocas com medalhas.

O atual campeão, Masashi Ebinuma estará presente no Mundial, e tenta o bicampeonato. Seu grande momento em 2013 foi vencer o Grand Prix de Dusseldorf (GER). Outro candidato é o mongol Tumurkhuleg Davaadorj, que é o atual campeão asiático, e venceu uma etapa de Grand Slam no ano. Outro vencedor de Grand Slam no ano e também candidato a medalhas é o francês David Larose. E finalizando, o atual campeão olímpico e europeu dos -66kg, o georgiano Lasha Shavdatuashvili.

Amanhã, mais quatro categorias: Masculino -73kg e -81kg; e Feminino -57kg e -63kg. Não perca mais uma parte de nosso guia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário