Quando a Luta une os Estados Unidos e o Irã. - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Quando a Luta une os Estados Unidos e o Irã.

Compartilhe

A Federação de Luta dos EUA (USA Wrestling) reiterou os seus esforços para manter a Luta no programa Olímpicos dos Jogos de 2020, durante o Torneio da modalidade realizado em Teerã (IRI), e explicou os seus planos de cooperar com todas as nações para atingir os seus objetivos antes da próxima reunião da Mesa Executiva do COI, no mês de maio em São Petersburgo (RUS).

O diretos de equipes da USA Wrestling, Mitch Hull, disse para a AP que: "Estamos lado a lado com o Irã, com a Rússia e com vários países nesse caso. Esses países podem fazer a diferença, pois, apesar de não estarmos politicamente na mesma pagina, na Luta estamos todos juntos nesse esforço e o Irã é um dos nossos mais fortes aliados no mundo da Luta."

"Temos grande confiança que podemos trabalhar com a Federação de Luta do Irã, lutadores iranianos e a população do Irã para mostrar ao mundo que, apesar das nossas diferenças na política, temos as mesmas metas e a mesma paixão pela Luta." completou Hull.

Esse movimento lembra a Diplomacia do Pinque pongue,, no começo dos anos 70. Jogadores dos EUA e da China disputavam torneios com o lema: "Amizade primeiro, competição em segundo lugar" que levou a visita do presidente dos EUA, Richard Nixon, a Pequim (CHN).


Fonte: NBC e AP



Nenhum comentário:

Postar um comentário