Brasil conquista 19 pódios no Campeonato Sul-Americano Adulto e Juvenil de Badminton, no Equador


O Brasil conquistou 19 pódios no Campeonato Sul-Americano Adulto e Juvenil de Badminton, que foi disputado em Guayaquil (ECU) na última semana.

Na simples masculina Sub17, Brasil foi ouro com Davi Carvalho, que disputou a final com o também brasileiro Gabriel Cury, que ficou com a prata. Fernando Vieira Junior conquistou bronze na categoria.

Maria Emanuelle Rocha, na Simples Feminina Sub17 conquistou bronze.

Outro ouro para o Brasil veio de Willian Guimaraes, campeão na Simples Masculina sub19. Na Simples Feminina sub 19 o Brasil ficou com o bronze, com Munnyk Laia.

Na dupla mista Sub17, Deivid Silva e Karen Souza conquistarem mais um ouro para o país, Na mesma categoria Fernando Vieira Junior e Maria Emanuelle Rocha ficaram com o bronze. Outra dupla também conquistou bronze, com Rafael Kimura e Geisa Oliveira.

Os irmãos Marinho, Davi Carvalho Marinho Silva e Deivid Carvalho Marinho Silva, conquistaram ouro na dupla masculina sub17. Outra dupla brasileira também subiu ao pódio, em terceiro lugar. Paulo Vieira e Fernando Junior conquistaram bronze na competição.

O pódio da dupla feminina sub17 foi quase todo do Brasil. Sofia Alonso e Aline Miyabara conquistaram prata e outra duas duplas brasileiras completaram o pódio. Isabelle Cristina Oliveira e Maria Emanuelle Rocha além de Geisa Oliveira e Evelly Souza Gomes conquistaram bronze.

Na dupla mista Sub19, Messias Rony Lima Silva e Tamires Santos conquistaram a prata. 

O Brasil garantiu outro Ouro e mais um bronze na dupla masculina sub 19. A dourada veio com a dupla formada por Rafael de Faria e Willian Guimaraes. O bronze foi garantido por Gustavo Aquino e Messias Rony Lima Silva.

Já na dupla feminina sub19, Tamires Santos junto com a chilena Belen Troncoso Mandiola conquistou mais uma prata. Já a dupla de brasileiras, Luanna Capuli e Munnyk Laia ficaram em terceiro lugar, garantindo bronze no torneio.

Ao todo foram 5 medalhas de ouro, 4 pratas e 10 bronzes na competição.

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes