Tóquio 2020 anula mais de 7 mil ingressos comprados por pessoas com IDs fakes


O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 comunicou o cancelamento de mais de 7 mil ingressos comprados no sorteio on-line. Os tickets foram obtidos de forma fraudulenta por pessoas usando identificação falsa. Segundo os organizadores, cerca de 30 mil IDs falsas foram geradas no sistema online até o momento.

Os ingressos foram comprados em 150 sessões, custando um total de 180 milhões de Iene (1,7 milhão de dólares / 6,95 milhões de reais). Na primeira rodada, mais de 3,2 milhões de ingressos foram vendidos para a alta demanda de 7,2 milhões de japoneses que participaram da sessão.

Através de um comunicado oficial, o comitê afirmou que "entende que houve compras em larga escala após a primeira onda de pedidos de loteria olímpica de um grande número de IDs registrados com informações pessoais falsas". Os organizadores alertaram que "continuarão monitorando aplicativos ilegais durante a segunda venda da loteria".

O site oficial dos ingresso foram visitados mais de 24,25 milhões de vezes em maio, e cerca de 350 mil lugares foram comprados no segundo sorteio realizado em agosto. O terceiro será no outono (primavera no hemisfério sul) para os residentes japoneses. Segundo o Japan Times, o número estimado inicialmente de ingressos, 7,8 milhões, pode subir para 9 milhões.

Foto Tóquio 2020

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes