Pan-Americano de Tênis de Mesa 2019 - Dia 1


O Brasil estreou com força total em busca do bicampeonato nos torneios de equipes do Campeonato Pan-Americano, em Assunção, no Paraguai. Foram quatro vitórias nos confrontos dos times feminino e masculino, garantindo as nossas Seleções em boa situação na briga por mais uma conquista.

No feminino, as duas vitórias colocaram a equipe na primeira colocação do grupo 2. Uma vitória sobre o Canadá, nesta quarta-feira (4), às 13h (de Brasília), garante a posição no grupo e a classificação para a semifinal. Entre os meninos, a missão já foi cumprida. O dia será de folga para os atletas, que disputam a vaga na decisão na quinta, ainda sem adversário definido.

As meninas tiveram o desafio mais difícil do primeiro dia. E não tomaram conhecimento das porto-riquenhas, atuais campeãs dos Jogos Pan-Americanos. Vitória por 3 a 1, com triunfos da dupla Caroline Kumahara e Jessica Yamada sobre Daniely Rios e Melanie Diaz, por 3 a 2 (13/11, 9/11, 1/11, 11/7 e 13/11); de Caroline Kumahara contra Melanie Diaz, por 3 a 1 (11/9, 8/11, 11/9 e 14/12); e, de Bruna Takahashi diante de Daniely Rios, pelo mesmo placar (13/11, 11/7, 7/11 e 11/7). Bruna conheceu a única derrota deste primeiro dia, para Adriana Diaz, por 3 a 0 (4/11, 8/11 e 7/11).

Pouco antes, contra as mexicanas, vitórias tranquilas, todas por 3 a 0. Triunfos de Caroline e Jessica sobre Monica Muñoz e Marbella Aceves (11/3, 11/8 e 11/8), de Bruna Takahashi contra Clio Barcenas (11/4, 11/5 e 11/7), e, de Caroline Kumahara diante de Marbella Aceves (11/2, 11/4 e 11/1).

Os meninos também não encontraram muitas dificuldades no primeiro desafio, contra o Equador, quando venceram todos os jogos por 3 a 0: Vitor Ishiy e Eric Jouti levaram a melhor diante da dupla Diego Piguave e Emkiliano Riofrio (11/5, 11/6 e 11/4); Gustavo Tsuboi passou por Alberto Miño (11/7, 11/8 e 11/7); e, Eric Jouti superou Emiliano Riofrio (11/9, 11/4 e 11/3).

Contra o Paraguai, muito equilíbrio nas duplas, quando Jouti e Ishy venceram Marcelo Aguirre e Axel Gavillan, por 3 a 2 (11/8, 4/11, 11/3, 6/11 e 11/4). E duas vitórias por 3 a 0 na sequência: Gustavo Tsuboi contra Santiago Osorio (11/9, 11/3 e 11/3), e Vitor Ishiy diante de Axel Gavillan (12/10, 11/4 e 11/6).

Foto: Abelardo Mendes Jr/Rede do Esporte

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes