Brasil terá força máxima no Mundial de Skate Park


O Brasil contará com força máxima no World Skate Park Skateboarding World Championship, evento mais importante do ano para a modalidade Park. Pedro Barros, octacampeão mundial, 

Yndiara Asp, atual sétima colocada no ranking internacional, Luizinho Francisco, Isadora Pacheco, Murilo Peres, Dora Varella, Hericles Fagundes, Victoria Bassi, Pedro Quintas e Letícia Gonçalves são alguns dos representantes brasileiros que estão na disputa da corrida olímpica, e estarão na pista do Parque Cândido Portinari, de 9 a 15 de setembro, em busca do título. A competição vale 80.000 pontos para os vencedores, a maior pontuação possível no ano de 2019.

O WS Park Skateboarding World Championship encerra o calendário da primeira janela classificatória para os Jogos Olímpicos de Tóquio. E, ao fim da primeira janela, os atletas melhores ranqueados garantem vaga diretamente na semifinal dos eventos da segunda janela.

Grande nome do skate mundial, Pedro Barros, oito vezes campeão mundial, seis vezes campeão dos X Games e campeão do primeiro campeonato mundial reconhecido pela World Skate, em 2018, quer mostrar para o mundo a verdadeira essência do skate.

“Acho que esse Mundial chega para confirmar o que a gente, que vive do skate, sempre soube, mas agora todo mundo está entendendo melhor. Que o skate é a nossa essência, a nossa vida e a coisa mais importante que temos. Será um evento animal, gigante, em que a gente vai poder se divertir e mostrar o nosso melhor. Eu espero que as arquibancadas estejam cheias todos os dias, com crianças e adultos que poderão ver os melhores skatistas do mundo e entender também o nosso universo. Treinei alguns dias na pista na semana passada e tenho certeza que será um evento de altíssimo nível de skate”.

A competição espera receber até 150 atletas entre brasileiros e estrangeiros. Dentre eles, Yndiara Asp, que é a brasileira com melhor colocação no ranking mundial.

“O campeonato é inédito, e eu vou fazer de tudo para representar da melhor forma o Brasil. As meninas têm andado muito, nível muito alto de skate, vai vir todo mundo, então é um desafio e tanto. Mas o nosso lema é entrar na pista e se divertir, sempre. Estou feliz que vou competir junto com as minhas amigas nesse evento tão grandioso”.

Para definir os atletas que estarão classificados para os Jogos de Tóquio serão contabilizados os dois melhores resultados da primeira janela olímpica (jan/2019 a set/19) e os quatro melhores resultados da segunda janela (set/2019 a maio/20). O Brasil disputa 12 vagas olímpicas, sendo três para cada modalidade (Park e Street), por gênero (masculino e feminino).

Foto: Julio Detefon

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes