Guia Parapan 2019 - Basquete em cadeira de rodas


Dias:24 a 31 de agosto
Classifica para Tóquio? Sim. Os três primeiros no torneio masculino e os dois primeiros no torneio feminino se garantem nos Jogos Paralímpicos. 


O primeiro esporte paralímpico praticado no Brasil, o basquete em cadeira de rodas tem como principal diferença para o convencional que o jogador deve quicar, arremessar ou passar a bola a cada dois toques dados na cadeira. Na classificação funcional, os atletas são avaliados conforme o comprometimento físico-motor em uma escala de 1 a 4,5. Quanto maior a deficiência, menor a classe. A soma desses números na equipe de cinco pessoas não pode ultrapassar 14.

Apesar de ser praticado há muitos anos no país, o Brasil não é uma das potências no continente. Americanos e canadenses deverão fazer as finais no masculino e no feminino e o Brasil deverá lutar pelo bronze nos dois naipes com a Argentina nesse esporte, com mais chances de vitória entre as mulheres.

foto: Alê Cabral/CPB


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes