Após classificação olímpica, Seleção masculina de vôlei volta a treinar visando duas competições


A conquista da vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 era o principal objetivo da temporada 2019. Objetivo alcançado após a vitória sobre a Bulgária, na casa deles, no último domingo (11.08). Agora, a seleção brasileira masculina de vôlei tem cinco dias de folga e se reapresenta na segunda-feira (19.08), no Centro de Desenvolvimento de Desenvolvimento de Voleibol (CBV), já visando a preparação para os próximos compromissos do ano.

O time dirigido pelo técnico Renan ainda tem pela frente as disputas do Campeonato Sul-Americano, de 10 a 14 de setembro, no Chile, e a Copa do Mundo, de 1º a 15 de outubro, no Japão. Antes disso, no entanto, a equipe brasileira fará quatro amistosos contra a seleção da Argentina – dois na casa deles e outros dois em Campinas (SP), estes nos dias 30 e 31 de agosto. As duas seleções estão com vaga garantida na próxima edição da Olimpíada.

Segundo o técnico Renan, embora passado o principal momento da temporada, a programação ainda será intensa e importante para o Brasil.

“Claro que o foco estava voltado para o Pré-Olímpico, mas ainda temos importantes compromissos pela frente. Vamos usar o grupo praticamente completo nos amistosos em casa e depois a programação é deixar alguns atletas de fora do Sul-Americano. Para a Copa do Mundo, teremos quase todos de volta e vamos em busca de finalizar a temporada com o título”, explicou Renan.

A única baixa já confirmada é a do oposto Wallace, que estará ausente do restante do calendário da seleção brasileira para acompanhar de perto a reta final da gravidez da esposa, Mariana, e o nascimento da filha, Mia. “Tivemos uma conversa boa desde o início da temporada e já havíamos combinado que ele teria essa folga depois do Pré-Olímpico. É muito justo, e voltamos a contar com o Wallace no próximo ano”, esclareceu o treinador.

Foto: FIVB

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes