Primeiro-ministro australiano apoia candidatura olímpica de 2032 e pede apoio do governo de Queensland


O primeiro-ministro australiano Scott Morrison apoiou uma potencial candidatura do sudeste de Queensland para os Jogos Olímpicos de 2032 e pediu que o governo do estado apóie o projeto.

Morrison destacou seu apoio aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos na cúpula do G20 em Osaka, com a presença do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, e de John Coates, chefe do Comitê Olímpico Australiano.

O primeiro-ministro australiano revelou que teve uma reunião com Bach e Coates na cidade japonesa durante a cúpula, com as autoridades do COI delineando as mudanças feitas no processo de licitação para os Jogos.

O COI aprovou mudanças, delineadas por uma Comissão liderada pela Coates, incluindo o término do período de sete anos antes do evento ser concedido.

Também concordou em criar comissões potencialmente poderosas para os futuros anfitriões para controlar a seleção de cidades e países para organizar os Jogos.

Morrison afirmou que esse "rastreamento rápido" do processo permitiria aos anfitriões maior tempo para se preparar e sugeriu que isso levaria a um compromisso anterior com o COI.

Ele então pediu que o governo de Queensland apoiasse totalmente a candidatura olímpica.

"Uma Olimpíada em Brisbane tem o potencial de ser um divisor de águas para o sudeste de Queensland e meu governo estará lá a cada passo do caminho", disse Morrison ao The Australian.

"Assim como em Sydney, uma Olimpíada de Queensland, liderada por Brisbane, seria um boom econômico e de empregos e mostraria todo o estado para o mundo."

"A Olimpíada de Sydney 2000 estabeleceu um novo padrão para os Jogos Olímpicos e o COI ainda elogia seu sucesso quase 20 anos depois."
Bach saudou o compromisso de Morrison, com o alemão afirmando que era uma "grande base para os Jogos Olímpicos de 2032 em Queensland".

"Fiquei impressionado com o claro e forte nível de comprometimento do primeiro-ministro Scott Morrison e seu governo para os Jogos Olímpicos em Queensland, Austrália", disse Bach.
"Ele deixou muito claro que os Jogos Olímpicos se encaixariam 100% nos 10 anos de planejamento de infraestrutura de seu governo."

"Esse compromisso inicial e o entusiasmo bem conhecido dos australianos pelo esporte são uma ótima base para os Jogos Olímpicos de 2032 em Queensland."

Bach havia rotulado o possível pedido de Brisbane para os Jogos Olímpicos de 2032, encorajado, enquanto os dois prefeitos falaram sobre a possibilidade de entregaram uma Olimpíada sem altos custos.
Schrinner afirmou que o COI forneceu notícias encorajadoras que poderiam ajudá-los a alcançar seu objetivo de uma Olimpíada bacana em termos de custo, com relação aos custos operacionais de organizar o evento.

Os custos adicionais de infra-estrutura, segundo Schrinner, seriam parte de um plano de longo prazo para atender às necessidades da região em meio à crescente população.
Um estudo de viabilidade produzido para a potencial candidatura descreveu que 60% dos locais já existem para as Olimpíadas.
O restante seria ou instalações temporárias ou locais permanentes que, alegadamente, atenderiam às necessidades da comunidade local.

Coates afirmou que o apoio do primeiro-ministro da Austrália proporcionaria um impulso substancial para a perspectiva de Olimpíadas e Paralímpiadas de 2032 em Queensland.

Coates havia alertado no início do ano que uma possível oferta para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos não iria avançar sem compromissos com a melhoria do transporte público.
Ele alegou que o AOC não daria apoio a proposta caso a infraestrutura não tivesse no projeto.

Coates também alertou que a acomodação suficiente para equipes, oficiais técnicos, mídia e espectadores também seria considerada.

Atualmente só Índia e Indonésia demonstraram interesse nos Jogos de 2032, a corrida para o sediamento dos Jogos de 2032 pode incluir também uma histórica candidatura conjunta de Pyongyang e Seul.

Foto: Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes