Seleção masculina juvenil de Handebol inicia na quarta as disputas do Sul-Centro Americano


Entre os dias 8 e 12 de maio, Taubaté-SP vai sediar o I Campeonato Sul-Centro Americano de Handebol Juvenil Masculino. O evento será disputado entre Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai e Uruguai no sistema Round-Robin, um contra todos. A competição é a classificatória Sul-Centro Americana para o Campeonato Mundial Juvenil na Macedônia, de 5 a 18 de agosto. A Seleção Brasileira se apresenta dia 4, sábado, em Taubaté, para uma fase de treinamentos pré-campeonato.

O técnico Alberto Gallina avalia a equipe brasileira como um grupo bem competitivo e espera bons jogos e de alto nível técnico. O objetivo é a classificação para o Mundial e segundo ele, há um momento de comparação entre o handebol jogado no Sul-Centro e jogado na Europa, porém com características diferentes a fim de equilibrar os estilos de jogos.

“A Argentina é uma equipe que vem forte para esse Sul-Centro e o Chile é uma equipe que tem evoluído bastante nesses último anos. São equipes que junto a outras serão bem decisivos para essa classificação”, pondera Gallina.

Em sua primeira convocação na Seleção Juvenil, o goleiro Gustavo da Silva, que atualmente defende pela equipe de Taubaté/FAB/UNITAU - SP, acredita que o modelo de disputa torna o Campeonato mais competitivo e que a possibilidade de derrota tem de ser descartada, pois qualquer erro pode ser prejudicial para a campanha. Gustavo foi convocado para disputar o Sul-Centro Americano Júnior na Colômbia e, para ele, assim como no grupo do Campeonato Júnior, Argentina e Chile também serão equipes a serem superadas. Marcos Vinicius Ribeiro, armador direito de Londrina-PR, espera um boa atuação do Brasil e que o campeonato seja disputado.

“Espero que nosso primeiro objetivo seja cumprido, que é a classificação, mas que consigamos fazer um ótimo campeonato e ir em uma crescente de jogo a jogo, para que cheguemos bem na final e, consequentemente, nos sagrarmos campeões independente do adversário”, comenta Gustavo da Silva.

Armador central da Seleção Juvenil e atuante pelo E.C. Pinheiros-SP, Tarcísio Oliveira, concorda com as possíveis dificuldades impostas pelas equipes da Argentina e do Chile na competição. Segundo ele, apesar do sistema de disputa ser diferente do qual estão acostumados, a sequência de jogos pode favorecer um rodízio maior e um descanso da equipe. Tarcísio tem a expectativa de ser uma competição forte e de alto nível técnico e entende que a equipe terá de se adaptar para alcançar o objetivo.

“Nosso time é um time novo, que está buscando entrosamento. São dificuldades que serão superadas durante a competição e, ainda tem esses adversários que estão treinando há muito tempo. Adversários fortes. Vamos ter que superar tudo para conseguir a classificação e o título também”, analisa Tarcísio Oliveira.

Cronograma dos Jogos [horários de Brasília]:

08.05.2019 - Quarta-feira
16:00| Uruguai-Argentina
18:00| Colômbia-Brasil
20:00| Paraguai-Chile

09.05.2019 - Quinta-feira
16:00| Argentina-Colômbia
18:00| Brasil-Paraguai
20:00| Chile-Uruguai

10.05.2019 - Sexta-feira
16:00| Colômbia-Uruguai
18:00| Brasil-Chile
20:00| Argentina-Paraguai

11.05.2019 - Sábado
16:00| Paraguai-Colômbia
18:00| Brasil-Uruguai
20:00| Chile-Argentina

12.05.2019 - Domingo
16:00| Chile-Colômbia
18:00| Argentina-Brasil

20:00| Uruguai-Paraguai

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes