Campeonato Mundial de Patinação Artística 2019 - Dia 1



O campeonato Mundial de Patinação Artística começou em Saitama, Japão com emoções fortes: em Pares, vitória no programa curto dos russos Evgenia Tarasova e Vladimir Morozov, em um dia marcado por um acidente impressionante entre Vanessa James, da França e o italiano Matteo Guarise. No programa curto individual feminino um dia de disputas acirradas, a vitória de Alina Zagitova e Isadora Williams (foto) conquistando pela primeira vez uma vaga para o Brasil no programa livre.

Pares:

Uma performance segura e sem erros valeu o primeiro lugar do dia para Evgenia Tarasova e Vladimir Morozov, da Rússia com 81.21 pontos. Tarasova e Morozov tiveram um programa ligeiramente melhor avaliado do que os chineses Wenjing Sui e Cong Han, que também tiveram uma apresentação limpa e seguem para o programa livre menos de dois pontos atrás. O terceiro lugar ficou com outra dupla chinesa, Cheng Peng e Yan Jin, e os quartos colocados, os russos Natalia Zabiiako e Alexander Enbert terminaram o dia em quase empate com os quintos colocados, os canadenses Kirsten Moore-Towers e Michael Marinaro.

Além da disputa, o dia acabou tendo como destaque uma colisão severa no aquecimento entre Vanessa James, da França e Matteo Guarise, da Itália. James, que ao lado do parceiro Morgan Ciprés era favorita ao título patinou sob o efeito do choque, e a performance acabou perdendo qualidade: vários elementos reduzidos, uma queda e apenas o 7o. lugar, com 68.67 pontos. James comentou o acidente: "Eu não sei o que aconteceu. Eu não vi o Matteo, Matteo não me viu, nós batemos e eu caí. Me prejudicou um pouco, eu não estava muito bem depois. Eu me sentia um pouco tonta, então tentei permanecer focada. Foi uma performance ruim para nós hoje, e com a queda acabou sendo muito exaustiva". A dupla italiana, de Guarise e Nicole Della Monica embora também ressentiu-se fisicamente do acidente, reduziu levantamentos e teve problemas de execução, terminando atrás, em 8o. lugar. Com a suspeita de ter tido uma concussão leve, Vanessa James deve passar por uma avaliação médica mais detalhada, mas a dupla da França está confiante em voltar para o programa livre.

Feminino:

Num dia com muita disputa pela liderança e onde a russa Alina Zagitova conquistou a vitória após uma apresentação forte, sem erros e muito vibrante, o Brasil também teve muito o que comemorar: Isadora Williams se tornou a primeira sul-americana na História a se classificar para o programa livre do Campeonato Mundial.

Com o ainda pouco testado programa curto de "Take Five", a representante do país caprichou na precisão de execução dos elementos, garantindo graus positivos em todos. O 24o. lugar de programa curto inédito é uma evolução em relação a outros anos: em 2013 Isadora ficou uma posição abaixo e por pouco acabou ficando de fora do programa livre. A performance é a melhor da atleta em um torneio maior desde as Olimpíadas de PyeongChang, e representa também uma grande evolução em relação ao início da temporada, onde Isadora teve que enfrentar diversos problemas, como uma contusão no pé que a afastou de treinos.

Na disputa pela liderança, Zagitova, a última a se apresentar no dia comemorou sua vitória no programa curto creditando parte do sucesso a seu ótimo estado mental, derivado do clima positivo na arena: "O público realmente me ajudou hoje, foi uma boa performance, conquistei meu melhor resultado na temporada e vou me esforçar ainda mais no programa livre. Nem sempre patinei muito bem no programa curto nesta temporada, houveram pequenos erros. Aqui patinei com alegria, não tive que me segurar. Depois de saber minha pontuação eu fiquei feliz por um momento, mas agora estou focando no programa livre." Kaori Sakamoto, do Japão não errou e fez uma apresentação energética, ficando com a segunda posição. Em terceiro lugar ficou Elizabet Tursynbaeva, do Cazaquistão, bastante próxima na classificação da russa Evgenia Medvedeva que terminou em quarto lugar.

A quinta e a sexta colocadas, Eunsoo Lim, da Coréia e Mariah Bell dos EUA acabaram se envolvendo em um choque nos treinos antes do programa curto que gerou uma imensa polêmica em redes sociais: Bell está sendo acusada de deliberadamente ter provocado o acidente de onde Lim saiu lesionada, com um problema que chegou a por em risco sua participação na prova. Fontes da imprensa coreana declararam ter conhecimento de atritos entre as patinadoras, que treinam juntas nos EUA sob a orientação dos mesmos técnico Rafael e Vera Arutyunyan, e estariam responsabilizando a norte-americana de criar um ambiente ruim para a coreana, com agressões e bullying. O assunto ainda não foi investigado e as atletas bem como os seus técnicos não se manifestaram até o momento.

O Campeonato Mundial de Patinação Artística segue hoje com as disputas do Programa Livre de Pares, que define a medalha de ouro às 10:30 da noite e do Programa Curto Individual Masculino, às 4 horas da manhã de quinta-feira (horários de Brasília). Todas as tabelas com resultados, agenda de apresentações em horário local e súmulas detalhadas de julgamentos do Campeonato Mundial de Patinação Artística de 2019 estão disponíveis AQUI, no site oficial de resultados do evento.

Foto: Reuters

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes