Aos 18 anos, brasileiro é ouro em torneio internacional de parataekwondo no Egito


Nathan Torquato faturou a medalha de ouro, da categoria até 61kg, no África Open de Parataekwondo, em Hurghada, no Egito. Três brasileiros disputaram o campeonato, que teve duração de um dia.

O primeiro adversário foi Alain Clóvis Elene, de Camarões, que Nathan venceu por 37 a 4. A segunda luta foi contra o russo Danilii Sidorov, segundo colocado no ranking mundial, e o brasileiro saiu vitorioso por 25 a 24. Na semifinal ele enfrentou o espanhol Aythami Santana. Eles empataram em 4 a 4, mas Nathan ganhou no Golden point. Ao vencer o turco Mahmut Bozteke, terceiro do ranking, por 18 x 16, o paulista faturou a medalha dourada.

Nathan Torquato, 18 anos, nasceu na Praia Grande, litoral paulista, com uma má formação no braço esquerdo. Aos três anos, quando voltava da escola de bicicleta, acompanhado pela mãe, Nathan via uma academia. Insistiu para a mãe o matricular até ela atender seu pedido. O atleta permanece treinando no mesmo local.

O Brasil foi representado por Cristhiane Neves (até 58kg), Débora Menezes (acima de 58kg) e Nathan Torquato (até 61kg) no África Open de Parataekwondo. Neste mês, Débora Menezes conquistou a medalha de ouro e Cristhiane Neves o bronze no Campeonato Mundial da modalidade, que aconteceu em Antalya, na Turquia. 

O parataekwondo está no programa dos Jogos Parapan-Americanos de Lima, que serão disputados de 23 de agosto a 1º de setembro e também fara sua estreia no Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes