Caroline Wozniacki estuda boicotar o Miami Open 2019, após ter sofrido ofensas e ameaças no último torneio


Caroline Wozniacki está considerando boicotar a próxima edição do Miami Open depois de receber uma enxurrada de ofensas e ameças de alguns torcedores no torneio realizado no mês passado.

A número dois do mundo está irritada com a resposta dos organizadores do torneio às suas reclamações sobre ameaças de morte contra ela e sua família durante a derrota para Monica Puig, de Porto Rico.

A multidão foi em grande parte pró-Puig e Wozniacki acredita que os fãs ultrapassaram os limites em uma das piores experiências de sua carreira.

A raiva de Wozniacki só aumentou após uma declaração do diretor do torneio James Blake, alegando que a equipe da WTA não estava ciente de quaisquer ameaças.

"Eu dormi horrivelmente por provavelmente quatro ou cinco dias depois disso, eu não estava à vontade", disse a dinamarquesa. "Eu me senti muito mal. Houve uma sensação ruim no meu estômago. David (Lee, seu noivo) também estava lá e ele até dizia: "Isso é ruim, não é assim". A experiência que tive em Miami foi horrível e espero algo que nunca mais vamos experimentar”.

Foto: Divulgação


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes