Últimas Notícias

Skatista Gui Khury vence medalha de ouro nos X-Games

Skatista Gui Khury vence medalha de ouro nos X-Games
Foto: Divulgação/X Games



No último final de semana, o skatista Gui Khury, de apenas 15 anos, venceu a medalha de ouro na modalidade Vert Best Trick dos X-Games de Ventura, na Califórnia. Com o feito, o curitibano chegou a marca de 9 medalhas conquistadas no maior evento de esportes radicais do mundo e fica muito próximo de quebrar um recorde histórico da competição. 

Gui participou de duas modalidades diferentes nesta edição dos X-Games: Vert e Vert Best Trick (melhor manobra no vertical. No primeiro, o fenômeno foi muito bem e quase conquistou um espaço no pódio, ficando com a 4º colocação geral. Já no segundo, o jovem skatista foi dominante e mostrou o motivo de ser um dos melhores atletas do mundo na categoria. Com um Body Varial 900º, Gui não deu chances para os seus adversários e venceu a medalha de ouro. 

Com esse resultado, ele chegou a 9 medalhas na competição (3 de ouro, 4 de prata e 2 de bronze), sendo os 3 ouros conquistados no Best Trick. Agora, o brasileiro está muito próximo de quebrar o recorde de maior número de medalhas por um adolescente, já que a atual detentora do feito é a esquiadora multidisciplinar Kelly Sildaru, que venceu 10 medalhas nos X-Games antes de completar 20 anos. 

O evento já foi responsável por colocar seu rosto no Guinness World Records três vezes: um por ser o atleta mais jovem do X-Games, outro por ser o primeiro skatista a realizar a manobra 1080, no vertical, e o mais recente, por ser o medalhista de ouro mais jovem dos X-Games (masculino). Agora, Gui quer quebrar mais um recorde para a sua carreira.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar