Últimas Notícias

Tati Weston-Webb e Luana Silva avançam para as quartas de final em Saquarema

Tatiana Weston-Webb está classificada para as quartas (Foto: Aaron Hughes / WSL)
Tatiana Weston-Webb está classificada para as quartas (Foto: Aaron Hughes / WSL)

No primeiro dia de competição da etapa brasileira da WSL em Saquarema, as surfistas brasileiras Tatiana Weston-Webb e Luana Silva garantiram suas vagas nas quartas de final. Ambas venceram suas respectivas baterias, demonstrando domínio nas ondas.

Tati Weston-Webb se destacou na bateria que disputou ao lado da compatriota Tainá Hinckel e da norte-americana Caitlin Simmers, atual campeã da etapa de Saquarema. Com uma performance sólida, Tati somou 9,66 pontos (5,33 + 4,33), conquistando a primeira colocação. Tainá, com 5,67 pontos, ficou em segundo lugar, avançando para a repescagem, enquanto Simmers ficou em terceiro.

Luana Silva brilhou na última bateria do dia, registrando a maior nota da rodada, 6,83, e uma soma total de 11,16 pontos. Ela superou a costa-riquenha Brisa Hennessy (9,70 pontos) e a havaiana Gabriela Bryan (9,30 pontos), avançando diretamente para as quartas de final.

Sophia Medina, convidada pela WSL, também competiu na primeira fase, mas precisará passar pela repescagem para seguir na competição. Ela obteve 4,83 pontos na bateria que teve como vencedora Caroline Marks (11,67 pontos), seguida pela havaiana Bettylou Sakura Johnson (5,26 pontos).

Sawyer Lindblad, dos EUA, também avançou para a próxima fase após vencer a francesa Johanne Defay e a australiana Molly Picklum.

Classificação para o Finals

No ranking feminino, a situação da brasileira Tatiana Weston-Webb é complicada. Ela está distante da quinta colocação, com uma diferença de 5.630 pontos. Com apenas 10 surfistas restantes na competição após o corte, é difícil para Tati subir na tabela. Contudo, ainda há chances, mas ela precisará de resultados excepcionais, como um título e uma semifinal, ou duas finais.

As americanas Caitlin Simmers e Caroline Marks já estão matematicamente garantidas e são as grandes favoritas ao título. A costarriquenha Brisa Hennessy está em uma posição confortável, mas, assim como a francesa Johanne Defay e a australiana Molly Picklum, precisa ficar atenta à havaiana Gabriela Bryan, que está bem próxima na tabela.

Próximas baterias

Ainda hoje, será disputada a repescagem. As baterias são:
  • Bateria 1: Caitlin Simmers (EUA) x Tainá Hinckel (BRA)
  • Bateria 2: Molly Picklum (AUS) x Bettylou Sakura Johnson (HAV)
  • Bateria 3: Brisa Hennessy (CRC) x Sophia Medina (BRA)
  • Bateria 4: Johanne Defay (FRA) x Gabriela Bryan (HAV)

As classificadas para as quartas de final, que ocorrem amanhã, são Sawyer Lindblad (EUA), Tatiana Weston-Webb (BRA), Caroline Marks (EUA) e Luana Silva (BRA).

Você pode assistir o campeonato ao vivo pelo canal da WSL no Youtube ou pela transmissão oficial do SporTv.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar