Últimas Notícias

Parada das Nações - Seychelles

À esquerda, fundo azul com texto "parada das nações-2024" e "Seychelles", além da logo do surto olímpico abaixo. À direita, foto da delegação de Seychelles na cerimonia de abertura.


Sigla: SEY 

Medalhas na história - Ouro: 0 | Prata: 0 | Bronze: 0 | Total: 0 

Em Tóquio - Ouro: 0 | Prata: 0 | Bronze: 0 | Total: 0

Primeira participação olímpica - Moscou-1980


Localizado no Oceano Índico, Seychelles é um país formado por um arquipélago de 115 ilhas, conhecido pelas praias de águas cristalinas e por abrigar o Atol de Aldabra, um dos maiores e mais bem preservados atóis de corais elevados do mundo. As belezas naturais da ilhas, que somadas reúnem certa de 85 mil habitantes, fazem do país um dos principais destinos turísticos do continente africano. 

Apesar do sucesso turístico, Seychelles não tem o mesmo protagonismo quando se fala em jogos olímpicos. Sua primeira participação em jogos de verão foi em Moscou, em 1980. Desde então, só não participou da edição de 1988, em Seul, quando recusou convite do Comitê Olímpico Internacional (COI) em apoio à Coreia do Norte.

Nestes mais de 40 anos de participações olímpicas, a maior delegação seychellense foi logo na edição de estreia, com 11 atletas. Em Tóquio-2020, o país levou cinco participantes, sendo um no atletismo (Ned Azemia - 400m com barreiras), um no judô (Nantenaina Finesse - até 90kg), um na vela (Rodney Govinden - laser) e dois na natação (Simon Bachmann, 200m borboleta, e Felicity Passon, 100m e 200m costas). 

Até a publicação deste texto, o país ainda não havia classificado atletas e deve ficar no aguardo de convites para vagas de universalidade. 


Esportes fortes

Natação: desde os jogos de 1992, em Barcelona, Seychelles sempre esteve representado na natação em jogos olímpicos. Apesar de passar longe de conquistar medalhas, é uma modalidade que destaca-se pela regularidade, com 14 atletas já tendo disputado olimpíadas - ficando somente atrás do atletismo, com 26. 

Foto de Felicity nadando de touca branca com a bandeira de Seychelles. A foto mostra o momento em que atleta sobre para respirar entre movimentos
Felicity Passon detém diversos recordes nacionais de Seychelles. Foto: Patrick Joubert

Atletas

Felicity Passon (natação): em busca de vaga para sua segunda olímpiada, Felicity dividiu seu ciclo numa rotina de treinos e estudos. Em maio, a jovem de 24 anos terminou seu mestrado em aconselhamento clínico para saúde mental, na San Jose State University (EUA). Antes disso, a atleta se formou em psicologia, também nos Estados Unidos. Uma das principais nadadoras do país, ela levantou o tema de saúde mental em Seychelles, organizando eventos para arrecadação de fundos em prol da causa. 

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar