Últimas Notícias

João Fonseca perde na segunda rodada do Challenger de Nottingham; Torneio saiu da grama para quadra dura por causa da chuva

 

Foto: Reprodução/Instagram/RioOpen
O carioca João Fonseca foi eliminado na segunda rodada do Challenger de Nottingham, na Inglaterra, para o tenista local alternado Billy Harris pelas parciais de 7/6 3/6 6/4. A partida, disputada nessa sexta-feira (14), durou 7 horas somando o tempo de jogo, e as interrupções pela chuva, que forçaram a mudança da quadra de grama para o piso duro em quadras indoor.

O jogo entre João e Billy começou as 08h45, no horário de Brasília, e terminou 7h30 depois, após paralisações causadas pela chuva, que atrapalharam o andar de todo o torneio de Nottingham. No primeiro set, Fonseca e Harris confirmaram os saques e levaram o jogo ao tie-break em 6/6, o britânico venceu os dois games finais e abriu 7/6 e 1x0. O brasileiro desperdiçou dois pontos de quebra do saque de Billy.

No segundo set, os tenistas disputaram os games iniciais e alongaram o jogo, João perdia por 2/3 e virou para 4/3 antes do jogo ser paralisado, a partida que é disputada na grama ficou sobre suspensão e voltou em um ginásio fechado de quadra dura. O retorno foi crucial para Fonseca fechar a parcial em 6/3, somando quatro games seguidos a seu favor.

No set decisivo, João salvou cinco pontos de quebra e o jogo ficou em 1/1, Harris venceu mais dois game e abriu 3/1, administrando a vantagem o britânico abriu 5/3 e ficou perto da vitória, o brasileiro sobreviveu a game com 11 bolas, sendo três game points, para marcar 5/4 e salvou match point de Harris em seguida, que fechou o jogo em 6/4 e 2x1. Fonseca volta às quadras no ATP 500 de Halle, na Alemanha, onde recebeu convite.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar