Últimas Notícias

Brasil é confirmado como sede dos Jogos do BRICS em 2025; Fortaleza é a cidade favorita para receber evento

Ministério dos Esportes/Divulgação


O Brasil será sede da próxima edição dos Jogos do BRICS, que acontece em 2025. O anúncio aconteceu neste sábado (22), durante a Reunião dos Ministros do Esporte do BRICS, neste fim de semana em Kazan, na Rússia, sede da edição dos jogos deste ano. Local e datas não foram confirmados, mas a cidade de Fortaleza (CE) já demonstrou interesse em sediar o evento.

Representando o ministro do Esporte do Brasil André Fufuca, participaram a secretária Nacional de Esportes de Alto Desempenho e ex-jogadora de basquete, Iziane Marques; e o secretário Nacional de Esporte Amador, Educação, Lazer e Inclusão Social, Paulo Henrique Cordeiro.

Em sua fala, a secretária Iziane defendeu que os Jogos do BRICS são uma celebração da amizade e cooperação entre os países. “Eles representam não apenas uma competição esportiva, mas também um encontro cultural que fortalece os laços entre nossas comunidades. Quero parabenizar a organização deste evento pelo alto nível de excelência e pela dedicação em criar um ambiente onde nossos atletas possam mostrar seu melhor desempenho”. 

Os Jogos do BRICS são uma competição multiesportiva organizada pelos países membros, organização integrada, em sua composição atual, pela África do Sul, Arábia Saudita, Argentina, Brasil, China, Egito, Emirados Árabes Unidos, Etiópia, Índia, Irã e Rússia. O grupo BRICS representa mais de 42% da população mundial, 30% do território do planeta, 23% do PIB global e 18% do comércio internacional.

Os Jogos do BRICS são realizados anualmente. Pela tradição, cabe ao país que ocupa a presidência rotativa do mecanismo a organização da competição no ano de sua presidência. Em 2025, ano em que o Brasil assumirá a presidência do BRICS, caberá ao país organizar o evento em território brasileiro.

 Em 2024, sob presidência da Federação Russa, esses Jogos estão sendo realizados no período de 12 a 23 de junho de 2024, na cidade de Kazan, cerca de um mês antes das Olimpíadas de Paris. O Brasil enviou um misto de atletas universitários e atletas que não conseguiram vagas para a olimpíada para o evento. 


 

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar