Últimas Notícias

Favorita e em busca da vaga olímpica, Camilla Gomes faz preparação dupla para o Pan-americano e o Mundial

Camila está com collant preto e à direita de sua treinadora, que está de agasalho verde marca texto. As duas são loiras e tem a pele bronzeada. Atrás delas está o trampolim
Foto: Ricardo Bufolin/CBG

Camilla Gomes vem se destacando na temporada 2023 da ginástica de trampolim. Junto de Alice Helen, sua parceira no sincronizado, ela venceu a etapa de Baku da Copa do Mundo no individual e sincronizado, vem acumulando pódios e pontuou bem no ranking olímpico da modalidade. Além disso, ela chega como candidata a pódio no Mundial da modalidade, ainda em novembro, e também podendo conquistar a vaga olímpica.

Com a proximidade das duas competições, Camila usa o Pan como preparação para o Mundial, mas sem deixar de ressaltar a importância do Pan.

"Nosso foco tá 100% no Mundial, o objetivo principal nosso é a vaga Olímpica. Os jogos pan-americanos é a segunda competição maior do mundo depois das Olimpíadas, eu chamo das Olimpíadas das Américas. Então eu estou muito feliz de estar aqui, acho que serve como um preparativo para o Mundial, faz parte do meu planejamento estar 90% aqui porque eu sei que já é o suficiente para chegar no Mundial, 100% pronto para conseguir essa vaga", comentou a atleta.

A sua treinadora Tatiana Figueiredo falou sobre a expectativa sobre a vaga olímpica e o momento de Camila na carreira. 

"A Camila vem tendo excelente resultados nas Copas do Mundo, ela tá muito preparada, acredito que no melhor momento da carreira dela.  Agora tem que ter calma tranquilidade para chegar no Mundial e fazer uma performance boa na semifinal para conseguir a classificação para as finais". No Mundial, as oito finalistas conquistarão a vaga olímpica. 

A atleta também acha que está em um grande momento na carreira e se sente mais madura. 

"Eu venho treinando muito já há muitos anos e vinha batendo na trave, não conseguindo performar internacionalmente como eu treino e esse ano graças a Deus tá tudo dando certo. Tá tudo dentro do planejamento e estou me divertindo muito nesse caminho."

"Estou muito feliz em fazer história pro Brasil trazer medalha de ouro, prata e bronze nas copas do mundo tomara que com continue seguindo desse jeito é acredito que eu amadureci muito é eu sempre fui muito focada em resultados e sempre coloquei muita pressão em cima de mim mesmo por representar um país muito grande  eu sempre carreguei esse peso todo nas minhas costas, eu acho que isso me atrapalhavam muito. Agora, estou aproveitando mais a competição e isso tem ajudado a tirar um pouco dessa pressão e estou performando melhor, trazendo resultados."

O Brasil nunca ganhou ouro na ginástica de trampolim e Camila pode ser a atleta a quebrar este tabu. O país tem duas medalhas na modalidade em Pans, Rafael Andrade, prata em Guadalajara-2011 e Giovana Mateus, bronze no Rio-2007.

A ginástica de trampolim será disputada entre os dias 3 e 4 de novembro, com o Brasil tendo ainda Alice Gomes, Rayan Dutra e Lucas Tobias. O Pan tem transmissão do Canal Olímpico do Brasil, Cazé TV e Panam Sports Channel

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar