Últimas Notícias

Luísa Stefani está nas quartas de final das duplas do US Open

Luísa Stefani em foco com camisa azul e boné branco
Luísa volta as quartas de final do Slam nova-iorquino. Foto: Reprodução

A medalhista olímpica Luísa Stefani e a sua parceira estadunidense Jennifer Brady estão nas quartas de final do US Open, em Nova Iorque, após derrotarem a alemã Tatjana Maria e a neerlandesa Arantxa Rus por 6/3 3/6 6/3. João Fonseca vence estreia no juvenil.

Luísa e Jennifer mostraram entrosamento e química para avançar mais uma fase no Major, apesar de uma queda de rendimento no segundo set, contornaram com tranquilidade. Stefani e Brady salvaram três break points em games longos no set e iniciaram a campanha com 6/3 em 36 minutos.

O set seguinte teve uma desconexão entre a brasileira e a estadunidense que tiveram saque quebrado por Maria e Rus, que após 38 minutos, devolveram o 6/3 e marcaram 1x1 no placar. Luísa e Jennifer abriram 5/1 no terceiro set com dois breaks acima e Brady não aproveitou o saque para matar a partida.

Tatjana e Arantxa ganharam mais dois games e aumentaram a pressão sobre a dupla da brasileira com a britânica que salvaram break point antes de fazer 6/3 e 2x1 para seguir no US Open. Esperam as vencedoras de Linette/Pera x Chang/Parks.

Na chave juvenil, o cabeça de chave 7, João Fonseca, abriu sua campanha vencendo o neerlandês Mees Rottgering por 6/3 6/4 em 1h15m e avançar às oitavas. Enfrenta o suíço Patrick Shoen.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar