Últimas Notícias

Nina Kennedy e Katie Moon dividem ouro no salto com vara do Mundial de Atletismo

Foto: Divulgação/World Athletics

O Mundial de Atletismo consagrou duas campeãs mundiais do salto com vara. Assim, Nina Kennedy e Katie Moon se tornaram campeões da prova, depois de ambas saltarem para 4.90 metros. A disputa da medalha foi decidida no último salto, em que as atletas falharam.

O duelo entre a australiana Kennedy e a americana Moon foi acirrado até o salto definitivo. Com apenas um erro, as atletas chegaram sozinhas para metragem de 4.90. Assim, Wilma Murto, da Finlândia, não alcançou a marca, encerrando a prova com o bronze depois de saltar 4.80m.

Kennedy e Moon tiveram três tentativas para conseguir passar a marca de 4.90 metros, porém as duas falharam no salto. Assim, as atletas concordaram em dividir a medalha de ouro, consagrando ambas como campeãs mundiais. A australiana conquistou seu primeiro título em mundiais, enquanto a americana se torna bicampeã da prova.

A prova dos 400m rasos feminino também definiu sua campeã nessa quarta-feira, 23. Marileidy Paulino, da República Dominicana, foi a campeã da prova ao terminar o percurso no tempo de 48.76s. O pódio foi completado com prata para Natalia Kaczmarek (POL), com 49.57s e bronze de Sada Williams (BAR), com 49.60s.

Nos 1.500m masculino, Josh Kerr se tornou campeão mundial pela primeira vez. O atleta da Grã-Bretanha completou a prova no tempo de 3:29.38, seu melhor tempo no ano. O pódio teve Jakob Ingebrigtsen (NOR), com a prata, completando a prova em 3:29.65 e Narve Gilje Nordås (NOR), com tempo de 3:29.68 ficando com bronze.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar