Últimas Notícias

Brasil fica com o bronze na Copa do Mundo de Goalball feminino e fecha Jogos Mundiais da IBSA com 11 pódios

Renan Cacioli/CBDV


A Seleção Brasileira feminina de goalball venceu o Canadá neste domingo (27) por 2 a 0 e conquistou a medalha de bronze no último dia de disputas dos Jogos Mundiais da IBSA, em Coventry, na Inglaterra – o goalball foi a única das dez modalidades que não tiveram Birmingham como sede. 

"Foi muito importante essa medalha para mostrar que o goalball feminino do Brasil está entre os melhores do mundo. Não vai ser fácil ganhar da gente, pois estamos cada vez melhores e arrumando o que precisa ser arrumado, principalmente na defesa, para ganhar dessas equipes", disse a ala Dani Longhini, que começou o duelo deste sábado no trio titular ao lado da pivô Gaby e da ala Carol Duarte, que anotou os dois gols, já no segundo tempo. 

O ouro do torneio feminino ficou com a China, que derrotou o Japão por 3 a 0 na final. Vale lembrar que o Brasil não participou com o time masculino pois só foram permitidas inscrições de países ainda sem vaga garantida nos Jogos Paralímpicos de Paris 2024, e os rapazes já estão classificados graças ao título mundial obtido no ano passado.

Agora a seleção femninina vai em busca da vaga paralímpica nos Jogos Parapan-Americanos de Santiago, no Chile, quando o Brasil vai disputar junto com os Estados Unidos e Canadá pelo lugar restante na Paralimpíada francesa – apenas a campeã do Parapan conseguirá vaga.


Brasil fecha os Jogos Mundiais da IBSA com 11 pódios


O bronze deste sábado encerrou a participação da CBDV (Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais) na sétima edição dos Jogos Mundiais da IBSA com um saldo de 11 medalhas conquistadas. Além do bronze do goalball feminino, o Brasil foi bronze também no futebol de cegos, e teve sete medalhas individuais no judô (um ouro, duas pratas e quatro bronzes), além do ouro com as mulheres e o bronze com os homens no judô por equipes. A Confederação viajou à Inglaterra com 36 atletas e 23 membros de comissões técnicas e estafe. 


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar