Últimas Notícias

Brasil bate o Japão e fica com o bronze no Mundial Sub-21 de Vôlei Feminino

Bloqueio voltou a ser fundamental para o Brasil na disputa do bronze. - Reprodução: volleyballworld.com

 

A Seleção Feminina de Vôlei do Brasil assegurou a medalha de bronze no Campeonato Mundial Sub-21 da modalidade. Na noite deste sábado (26), as brasileiras fizeram bom jogo e sem maiores dificuldades venceram a seleção do Japão em 3 sets a 0 e garantiram o terceiro lugar no Mundial Sub-18.

 

O Técnico Wagão escalou a seleção brasileira para iniciar a disputa pelo bronze com a mesma equipe que iniciou todas as partidas na competição, com as ponteiras Helena e Aline, as centrais Juliana e Luzia, a levantadora Isis Simonetti, a oposta Gabriela e a líbero Lelê, a primeira capitã de uma seleção brasileira na posição.  

 

O Brasil foi superior durante toda a partida e logo no início do primeiro set já se colocou a frente do placar, mesmo com uma curta vantagem, que naturalmente foi sendo ampliada, até que as brasileiras fecharam a primeira parcial em 25-16, abrindo 1-0 na partida.

 

O segundo set seguiu o mesmo roteiro, com o Brasil a frente do Japão durante todo o set, com a vantagem sendo administrada até as brasileiras fecharam o set em 25-21 e abrir 2 a 0 no jogo. O Brasil confortável com a vantagem e o Japão sem forças para reagir foram a tônica do terceiro set, que, com uma boa vantagem brasileira, foi finalizado em 25-14 e a partida encerrada em 3 sets a 0.

 

A maior pontuadora do Brasil e da partida foi a ponteira Helena, que anotou 15 pontos no total, sendo 10 pontos de ataque e 05 de bloqueio. O bloqueio acabou sendo o fundamento com melhor aproveitamento da equipe brasileira durante toda a competição, e na decisão pelo bronze foram mais 12 pontos anotados.

 

O Brasil encerra o Campeonato Mundial Sub-18 com uma boa campanha, alcançando um total de 05 vitórias e 03 derrotas.


Campanha do Brasil no Mundial Feminino Sub-21 de 2023

 

Fase de Classificação:

17 de agosto - 17h - Brasil 3 x 0 República Dominicana (25-14, 25-12 e 25-13)

18 de agosto de 2023 - 17h - Brasil 3 x 0 Tunísia (25-9, 25-9 e 25-15)

19 de agosto de 2023 - 14h - Brasil 1 x 3 Itália (25-23, 23-25, 23-25 e 18-25)

 

Segunda Fase:

21 de agosto - 23h - Brasil 3 x 0 Turquia (25-15, 25-21 e 25-20)

22 de agosto - 23h - Brasil 3 x 0 Estados Unidos (25-19, 25-18 e 25-22)

23 de agosto - 20h - Brasil 1 x 3 Itália (25-22, 15-25, 15-25 e 24-26)

 

Semifinal

25 de Agosto - 17h - Brasil 2 x 3 China (25-27, 17-25, 25-20, 25-19 e 06-15)

 

Disputa do 3º Lugar

26 de agosto - 20h - Brasil 3 x 0 Japão (25-16, 25-21 e 25-14)

 

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar