Últimas Notícias

Seleção Brasileira de rugby em cadeira de rodas recebe atletas neerlandeses para intercâmbio no CT

Gabriel Feitosa carrega a bola durante treino no CT Paralímpico, em São Paulo
Foto: Alessandro Cabral/CPB


A Seleção Brasileira de rugby em cadeira de rodas está reunida no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, e recebe três atletas da equipe principal holandesa para uma semana de treinamentos. As atividades começaram no domingo, 9, e vão até sábado, 15.

Os atletas convidados são Emilio Moes (classe 2.5), Davy Van Den Dop (3.0) e Resul Karabulut (3.5). Do lado do Brasil, participam 16 jogadores selecionados pelo técnico canadense Benoit Labrecque.

Um dos atletas holandeses presentes no CT, Davy Van Den Dop, 43, disse que o intercâmbio no Brasil vai proporcionar a ele aprendizado e ritmo de jogo. Ele sofreu uma lesão no ombro no último mês de maio.

“É muito bom estar no Brasil. As pessoas são muito amigáveis e estão dispostas a ajudar. A Seleção Brasileira é um ótimo time para se jogar contra e o Benoit é um bom treinador. Espero que nossas partidas ajudem na preparação do Brasil e na minha. Estar ao lado de jogadores rápidos e fortes do Brasil me permitirá recuperar a forma”, afirmou Davy, que começou a jogar rúgbi em 2018 e se juntou à seleção holandesa no ano seguinte.

Em maio, a seleção de rugby recebeu doisjogadores e um treinador uruguaios em sua semana de treinamento daquele mês.

José Higino, presidente da Associação Brasileira de Rugby em Cadeira de Rodas (ABCR), afirmou que o objetivo dos intercâmbios é intensificar os treinamentos, visando uma medalha nos Jogos Parapan-Americanos de Santiago, no Chile, em novembro, e uma vaga para os Jogos Paralímpicos de Paris 2024. “Os atletas holandeses vieram para dar uma reforçada no treino, objetivando a conquista de uma medalha no Chile, que seria inédita. Vamos fazer esses intercâmbios para puxar nosso treino para cima e buscar a vaga para Paris”, afirmou.

O técnico Benoit Labrecque ressaltou a qualidade do jogo apresentado pelos convidados. “São os melhores jogadores da seleção holandesa, uma das equipes que nós deveremos enfrentar no torneio qualificatório para Paris 2024, caso a vaga direta não venha no Parapan”, explicou.

Em março, a Seleção Brasileira venceu a primeira edição do Campeonato Sul-Americano de rugby. O torneio foi disputado no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, e contou com oito seleções.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar