Últimas Notícias

Fernando Scheffer e Ana Marcela Cunha buscam resultados inéditos no Mundial de Esportes Aquáticos

Scheffer posando para foto
Foto: Divulgação


Principal evento de esportes aquáticos em 2023, o Mundial de Fukuoka, no Japão, que começa nesta sexta-feira (14), chega com expectativas distintas para dois integrantes do Time Ajinomoto. Atual campeã olímpica de águas abertas, Ana Marcela Cunha entra em ação logo no primeiro dia de competição, participando da prova de 10 km, quando também buscará sua classificação para os Jogos de Paris. Já o velocista Fernando Scheffer fará sua estreia no dia 23, nas eliminatórias dos 200 m livre, mesma prova na qual conquistou a medalha de bronze na natação nos Jogos de Tóquio, em 2021.

O desafio de Ana Marcela no Mundial de Fukuoka será duplo. Recuperada de uma cirurgia no ombro esquerdo, o maior nome da história da natação em águas abertas assegura que está 100% recuperada fisicamente. “Não sinto nenhuma dor ou incômodo e tenho feito ótimos treinos nos últimos dias”, diz a atleta baiana.

Ela também entrará na prova desta sexta-feira, a partir das 20h (horário de Brasília), na raia montada na Seaside Momochi Beach Park, em busca de um duplo “prêmio”: a vaga olímpica para os Jogos de Paris, no ano que vem, e sua primeira medalha de ouro na prova dos 10 km em campeonatos mundiais.

“O ‘plano A’ é nadar para ganhar a prova, daí se vier a vitória nos 10 km num Mundial será também a medalha que falta na minha coleção”, lembra a integrante do Time Ajinomoto. Até hoje, em Mundiais, ela já ganhou uma de prata e três de bronze nesta prova, que é a mesma realizada nos Jogos Olímpicos. Já para carimbar o passaporte rumo a Paris, Ana Marcela precisa ficar entre as três primeiras colocadas nesta sexta-feira (14).

A nadadora baiana ainda participará em Fukuoka de outros dois eventos, os 5 km, no dia 17, e o revezamento misto 4 x 1.500 m, no dia 19. Entre homens e mulheres, Ana Marcela Cunha é a maior medalhista na história dos Mundiais, com 15 pódios no total.


Feito inédito


A participação do velocista Fernando Scheffer no Mundial de Fukuoka só começará no próximo dia 23, justamente nas eliminatórias da prova em que o atleta gaúcho do Time Ajinomoto é considerado especialista, os 200 m livre, a mesma em que ele conquistou o bronze nos Jogos de Tóquio, em 2021.

“Será o meu terceiro mundial em piscina longa [de 50 m]. Os outros dois que disputei acabei ficando fora da final por centésimos. O objetivo nesse mundial é avançar para a final e fazer a melhor prova da minha vida na hora certa”, afirma Scheffer, que chega ao Japão após boas participações no Troféu Brasil e no Troféu Setti Colli, na Itália.

“Acredito que alcancei resultados muito positivos na fase de treinamento, que me deram muita energia para chegar ao Japão em minha melhor forma”, explica o velocista, que também participará do revezamento 4 x 200 m.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar