Últimas Notícias

Marcelo Melo foca no Rio Open de Tênis após parar na estreia no ATP 250 de Córdoba

O tenista Marcelo Melo olhando para a frente em uma quadra de tênis
Foto: Edwin Verhoef



O mineiro Marcelo Melo e o português João Sousa pararam na estreia no ATP 250 de Córdoba, na Argentina. Nesta quinta-feira (9), a dupla do Cazaquistão, cabeça de chave 4, formada por Andrey Golubev e Aleksandr Nedovyesov, marcou 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/5, em 1h06min, para seguir na disputa, nas quadras de saibro do Polo Deportivo Kempes.

Agora, o próximo torneio de Melo será no Brasil, o Rio Open, a partir do dia 20 deste mês, no saibro do Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro. Lá, o mineiro terá ao seu lado o colombiano Juan Sebastian Cabal. Melo e Sousa formaram a parceria apenas para Córdoba.

"Acho que foi um bom jogo, mas prevaleceu com certeza o entrosamento da outra dupla. Jogam muito rápido. E para mim e o João custou um pouco. Eles já saíram quebrando o saque do João, abriram uma vantagem e a gente tentou voltar. Depois no segundo set já foi bem melhor. Mas, por jogarem há muito tempo fez a diferença", explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro e BMG, com apoio de Volvo, Head, Voss e Asics.

"Foi bom pela experiência, um jogo no saibro, para chegar bem agora no Rio. Vou com antecedência, para fazer uma boa preparação para jogar com o Cabal", completou.

No primeiro set, os adversários quebraram duas vezes para vencer por 6/2. E Melo e Sousa voltaram para o segundo set em busca da reação e de levar a decisão para o match tie-break. As duas duplas mantiveram os seus serviços até o 11º game, em um set bem mais equilibrado. Aí, os cazaques conseguiram o break, fazendo 6/5, para fechar em seguida em 7/5.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar