Últimas Notícias

Cobras Brasil XV jogam em casa pela primeira vez na largada do Super Rugby Américas

Jogadores de Rugby XV fazem treino
Foto: Bruno Ruas @ruasmidia




A maior liga de rugby do continente, o Super Rugby Américas, dará seu pontapé inicial nesta sexta-feira (17), com jogos rolando ainda no sábado, dia 18, e domingo, dia 19.

Formato e primeira rodada

O Super Rugby Américas conta com 7 equipes, de 6 países diferentes. Além dos Cobras, disputam o título continental: os argentinos do Pampas (Buenos Aires) e do Dogos XV (Córdoba); os uruguaios do Peñarol (Montevidéu); os paraguaios do Yacare XV (Assunção); os chilenos do Selknam (Santiago); e os estadunidenses do American Raptors (de Glendale, subúrbio de Denver, Colorado). As equipes se enfrentam em jogos de ida e volta, totalizando 12 jogos ao longo de 14 rodadas para cada time. Os 4 primeiros colocados avançam às semifinais, que acontecem no dia 2 de junho, ainda em sede a ser anunciada, ao passo que a grande final será no dia 9 de junho.

A rodada inaugural terá três duelos. O primeiro, na sexta-feira (17), opõe Dogos XV e Yacare XV, ambos debutantes na competição. Em 2022, a Argentina era representada pelos Jaguares, campeões de 2021, os quais acabaram substituídos por Dogos e Pampas. Já o Paraguai, era representado pelo Olimpia, famoso clube de futebol, que deu lugar para o “neutro” Yacare XV.
No sábado (18), os chilenos do Selknam, vice-campeões em 2022, encaram outro novato, o American Raptors. A partida gera grande interesse pela participação do time estadunidense, que chega ao torneio com reforços argentinos de peso (três atletas com história dos Pumas, a seleção argentina, a mais forte do continente). Já os chilenos têm no currículo justamente classificação à Copa do Mundo de 2023 após eliminarem os Estados Unidos.

No domingo (19), às 15h, a torcida brasileira celebra o primeiro jogo em casa na história dos Cobras, que buscam uma sólida largada na liga. O time brasileiro conta com uma base de atletas da seleção nacional, reforçada por sete atletas estrangeiros, sendo quatro argentinos, dois colombianos e um irlandês. A estreia é desafiadora, diante do novo representante de Buenos Aires, o Pampas.
“Tivemos grande foco na preparação física, ainda mais conhecendo a velocidade do time argentino. As formações e a defesa precisam ser sólidas e o trabalho foi feito com o Maxi Bustos [argentino auxiliar técnico dos Cobras, ex-seleção argentina] e estamos colocando muito foco em desenvolver nosso próprio jogo”, comentou Josh Reeves, treinador dos Cobras.

O Brasil é representado pelos Cobras, franquia baseada em São Paulo, gerenciada pela Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) e apoiada por Superbid Exchange, Irko Hirashima e Universal Assistance. 

O jogo de estreia dos Cobras será no domingo (19), em casa, no Estádio Nicolau Alayon, na Barra Funda, diante dos argentinos do Pampas, de Buenos Aires. O jogo será às 15h e terá entrada gratuita, mediante inscrição pelo link: https://www.ingresse.com/sudamerica-rugby

História 

O Super Rugby Américas nasceu em 2020 com o nome de Superliga Americana de Rugby. A primeira edição foi cancelada pela pandemia. Já em 2021 e 2022 os jogos aconteceram em bolhas sanitárias no Uruguai, Paraguai e Chile. Com isso, em 2023, os Cobras jogam em casa pela primeira vez na história.
A mudança de nome veio com o apoio do Super Rugby Pacific, a liga de Nova Zelândia, Austrália e Fiji, a liga mais prestigiada do mundo do rugby.

Jogos no Brasil recheados de atrações dentro e fora de campo

Com o intuito de criar conexão com a comunidade, todos os jogos dos Cobras terão outras ações, além do jogo do Super Rugby Américas. Na primeira rodada, a atração, a partir das 12h, será o Touch à Fantasia. 

O Touch é a modalidade sem contato físico do rugby, usada para jogos mais recreativos e de diversão. No clima do carnaval, os participantes entram em campo fantasiados. Todos os torcedores podem participar do Touch à Fantasia.

O dia também terá venda de comidas e bebidas, campanha de arrecadação de roupas e materiais esportivos da ONG paulista Hurra! e som da Bateria Swing da Liberdade, da FECAP.
Para as rodadas seguintes, haverá ainda cursos de capacitação para treinadores e educadores físicos.

O Pampas é treinado por Ignacio Fernández Lobbe, nome importante do rugby local e que já colaborou com a Seleção Brasileiro. O elenco conta com vários atletas com passagem pelas seleções do país. O Peñarol, do Uruguai, atual campeão da competição, terá folga na primeira rodada.


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar