Últimas Notícias

Seletiva nacional de canoagem slalom acontece em fevereiro no Rio de Janeiro



Entre os dias 9 a 12 de fevereiro será realizada a Seletiva Nacional de Canoagem Slalom Júnior, Sub-23 e Sênior no Parque radical de Deodoro no Rio de Janeiro. O evento irá selecionar atletas que representarão o Brasil em competições internacionais durante esse ano que garantem vaga nos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

 Aproximadamente 30 atletas irão participar da disputa. No K1 masculino sênior, Pepê Gonçalves diz que está motivado e focado. “Estou consciente do meu potencial e confiante no trabalho que venho desenvolvendo, no Rio de Janeiro temos uma estrutura top para os treinos. Minha meta neste ano é garantir o mundial e a seletiva olímpica”. 

A Seletiva Júnior, Sub-23 e Sênior, serão três provas (09, 10 e 12 de fevereiro), idealmente realizadas em um período de 4 dias, no dia 11 de fevereiro não haverá prova. Os selecionados estarão aptos para participar do Mundial, Etapas das Copas do Mundo, Campeonato Pan-americano e Jogos Pan-americanos de Santiago 2023.

 Ana Sátila caminha para representar o Brasil pela quarta vez em uma edição olímpica, ela estreou em Londres 2012, depois competiu no Rio 2016 e foi finalista pelo C1 Feminino em Tóquio 2020, que foi realizada no ano de 2021.  Agora na seletiva ela disputa o K1 e C1 Sênior. “O treinamento está intenso, sei da importância dessa vaga e quero mostrar meu melhor”.

 

A equipe permanente será composta por quatro atletas masculinos e quatro femininas, dois K1 e dois C1 em cada gênero, mais bem posicionadas(os) na seletiva nacional do Rio de Janeiro (Júnior / Sub-23 / Sênior), desde que os critérios e percentuais sejam atingidos.  De acordo com o Supervisor da Canoagem Slalom, Denis Terezani, a seletiva nacional é pensada para analisar as(os) atletas ao longo de todo o ciclo de 2021/2024: 

“Dessa forma, temos as seletivas anuais, mas com percentuais somatórios de ano para ano, para termos uma análise geral ao longo de todo o ciclo. Já o Pan-americano, na cidade de três coroas, será uma ótima oportunidade de preparação para a temporada internacional e para os jogos de Santiago”, finaliza Denis.


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar