Últimas Notícias

Jorge Bichara é anunciado como novo diretor técnico da CBV

Divulgação/COB

 

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) anunciou que Jorge Bichara é o novo diretor técnico da entidade. Bichara, que exercia a mesma função na confederação Brasileira de atletismo (CBAt), será responsável pelo trabalho realizado com as seleções masculinas e femininas adultas e de base (de quadra e de praia).

Bichara continuará ligado a CBAt, agora como assessor Especial da Presidência com funções no Conselho Técnico e na condução do plano estratégico para os Jogos Olímpicos, Campeonato Mundial e Jogos Pan-Americanos, segundo nota na entidade, que também já anunciou que Joana Costa, ex-atleta do salto com vara, será a nova diretora técnica do atletismo nacional.

Com 17 anos de experiência no Comitê Olímpico Brasileiro, Ele assume as funções de Adriana Behar, demitida da CBV no fim do ano passado, mas sem ocupar o cargo de CEO. “Entramos na fase mais importante deste ciclo olímpico e estamos muito felizes de contar com a capacidade e a experiência de Jorge Bichara na direção técnica da CBV. Faremos um trabalho planejado e estruturado, com foco nos Jogos Olímpicos de 2024”, diz Radamés Lattari, vice-presidente da CBV.

A partir da próxima temporada, Bichara assume também as competições de quadra realizadas pela CBV – Superliga, Superliga B, Superliga C, Copa Brasil e Supercopa. “É um desafio e uma grande satisfação trabalhar com o voleibol brasileiro, referência mundial. A decisão de aceitar o convite da CBV também veio de uma questão pessoal, a vontade de voltar a trabalhar no Rio de Janeiro e ficar mais próximo da minha família”, explica Bichara.


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar