Últimas Notícias

Flamengo e Franca superam argentinos na Champions League das Américas

 

FIBA


No primeiro duelo Brasil x Argentina da Champions League do dia foi entre Flamengo e Instituto de Córdoba, válido pelo grupo D no ginásio do Tijuca. E o rubro-negro repetiu a boa atuação defensiva de sexta, com uma defesa agressiva sem dar chance ao adversário pensar, mas dessa vez buscando mais jogadas de garrafão ao invés de só arremessar de três pontos, venceu tranquilamente os argentinos por 91 a 46, virando líder do grupo.

Sete jogadores do Flamengo atingiram dois dígitos de pontuação, com destaque para Luke Martinez  e Rafael Hettsheimeir, com 14 pontos cada. Gabriel Jaú com 13 pontos e Ricardo Fisher, Jose Vildoza e Rafael mineiro com 10 pontos cada, foram outros destaques do rubro-negro. Pelo Instituto, Leandro Vildoza, Gaston Elias e Nicolas Romano com 7 pontos cada foram os principais pontuadores.

FIBA


 Já o Franca enfrentou o Obras Sanitarias em sua casa em Buenos Aires após estar perdendo por três pontos no último quarto, conseguiu virar o jogo nos minutos finais e vencer a quarta partida em quatro jogos na BCLA - 83 a 76 e se manter na liderança do grupo C.

David Jackson foi o cestinha do Franca na partida com 21 pontos. Lucas Dias com 17 pontos e Lucas Mariano, com 14 pontos, foram outros nomes do jogo. Pelo Obras, Joaquin Rodriguez marcou 18 pontos e Pedro Barral marcou 14 pontos.

Segunda (16) tem a estreia do Minas na segunda janela do grupo B da Champions League, enfrentando o Quimsa da Argentina em Belo Horizonte.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar